Marrone, da dupla com Marrone, decidiu se pronunciar depois de ter sido flagrado em uma festa na cidade de Caldas Novas, em Goiás, em meio à pandemia da Covid-19. Para falar sobre o assunto, o cantor usou sua assessoria de comunicação e as informações foram divulgadas em primeira mão pelo site UOL.

No evento, Bruno apareceu em algumas fotos fazendo show, por isso, em nota, a assessoria do artista afirmou que ele havia sido contratado para fazer tal apresentação em um evento privado, no qual foi descrito pelos contratantes como sendo uma “comemoração de cunho familiar”.

E mais, a assessoria do cantor ainda afirma que Bruno permaneceu no local por pouco mais de uma hora e, que ele foi informado em sua chegada que todos os presentes no evento haviam feito o teste para covid-19.

No evento, Bruno estava acompanhado por três músicos e, logo após sua apresentação “deixou o local”.

Além de Bruno, ex-BBB também fala sobre festa

A dupla de Marrone não foi o único a se pronunciar sobre o ocorrido, isso porque a ex-BBB Ivy Moraes, que também estava presente no evento, também decidiu se pronunciar sobre o assunto através de sua assessoria. Em uma foto que repercutiu nas redes sociais, a ex-confinada do “Big Brother Brasil 20” posou ao lado de Aline Machado, miss Ponta Grossa 2018, e também da ex-BBB Anamara, todas elas sem utilizar máscaras de proteção.

Por meio de sua assessoria de imprensa, Ivy afirmou que estava no município para participar de uma campanha publicitária, porém, após o término da sessão de fotos, a ex-BBB foi convidada a comparecer na casa de um conhecido de seu empresário.

Apenas ao chegar ao local a ex-sister e seu empresário tiveram conhecimento de que se tratava de uma festa e, por isso, saíram rapidamente do local.

A festa

De acordo com informações apuradas pelos perfis de fofocas nas redes sociais, “Vem Buscar Hebe” e “Rainha Matos”, o evento no qual Bruno e Ivy marcaram presença contou aconteceu às margens do Lago Corumbá e contou com a presença de mais de 40 pessoas, o que vai contra o decreto judicial que proíbe aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus.

Polícia encerra festa

Por causa do barulho, a Polícia Militar foi contatada e acabou encerrando o evento que aconteceu no último sábado (27). De acordo com os policiais, o dono da festa afirmou que o evento se tratava de um aniversário que reuniu apenas amigos e familiares. Por fim, foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra o organizador do evento.

Além disso, também coube aos militares dispensar os convidados da festa.

A Secretaria de Meio Ambiente de Caldas Novas também compareceu ao local e afirmou ter realizado um auto de infração contra o organizador do evento devido á desobediência aos decretos municipais. As multas para tal inflação pode chegar a mais de R$ 30 mil.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!