Após diversas polêmicas envolvendo o relacionamento entre Felipe Araújo e sua ex, Caroline Marchezi, a modelo se pronunciou mais uma vez. Em entrevista ao canal de Antônia Fontenelle no YouTube, Marchezi falou sobre inúmeros constrangimentos passados no dia do nascimento do filho do ex-casal, Miguel, de apenas um ano.

De acordo com o site R7, Caroline afirmou que a advogada do cantor teria estado presente na maternidade, e que teria colhido provas junto aos seus amigos e familiares para incluir no processo. A modelo revelou que havia enfrentado uma confusão logo após o seu parto devido ao tipo sanguíneo de seu filho.

Marchezi contou, ainda, que a advogada de Felipe Araújo já havia lhe faltado com respeito em diversos momentos durante sua gestação, e que no dia do seu parto, teria abordado até mesmo sua avó, de 80 anos de idade, afirmando que ela poderia ajudar a cuidar de Miguel.

Segundo Marchezi, após o episódio, a advogada chegou a afirmar na ação de alimentos que Miguel não precisaria de babá, pois sua avó e bisavó ajudariam com sua criação. A modelo mencionou que a advogada do cantor teria afirmado que seu cliente só iria registrar a criança após um teste de DNA.

Ex de Felipe relata choro após constrangimento

Ainda de acordo com o site R7, Caroline Marchezi contou detalhes sobre o dia do nascimento de seu filho a Antônia Fontenelle.

A modelo afirmou que teria sido proibida até mesmo de publicar fotos do filho nas redes sociais. "Ela me fez chorar porque tinha um fotógrafo, fotografando eu e meu filho e ela pediu que eu não postasse fotos do meu filho até sair o exame de DNA. Ela sempre deixou claro que o Felipe só ia registrar o Miguel depois de feito o DNA", desabafou Caroline.

Marchezi revelou, ainda, que recebeu olhares maldosos direcionados a ela após o resultado do tipo sanguíneo de Miguel restar A positivo. Como o sangue da modelo é O positivo, e segundo ela, Felipe achava que seu sangue também seria O positivo, Miguel não poderia ser A positivo.

Segundo Caroline, esta confusão teria levantado dúvidas acerca da paternidade do cantor.

A modelo teria pedido para que Felipe refizesse seu exame de testagem sanguínea, e o cantor teria acabado descobrindo que seu sangue também seria A positivo, como o do filho. Marchezi voltou a afirmar que o sertanejo teria sim pedido uma redução de pensão alimentícia.

Felipe nega pedido de redução de pensão

Felipe Araújo usou suas redes sociais na última semana para afirmar que nunca havia pedido redução da pensão alimentícia do filho, e que daria até mais a Miguel do que a Justiça havia determinado. Porém, Caroline Marchezi reforça que o pedido existiu e que teria como provar através de seus extratos bancários. A modelo também afirmou que, no momento, a pensão de Miguel gira em torno de 7 salários mínimos.

Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!