Nos últimos anos, as redes sociais foram tomadas por uma série de “cancelamentos” de pessoas famosas. A expressão se popularizou bastante e passou a ser utilizada para se referir aos casos em que os Famosos (ou mesmo pessoas de segmentos que não sejam o entretenimento) desagradam o público em geral. Dessa forma, as pessoas passam a afirmar que vão ignorar a sua existência e, portanto, ela está “cancelada”.

Na noite da última segunda-feira (8), a atriz Marina Ruy Barbosa comentou a respeito desse hábito por parte dos internautas. A ruiva já foi “cancelada” em algumas ocasiões diferentes.

Vale lembrar que Marina foi apontada como pivô da separação de Débora Nascimento e José Loreto, mas também durante a campanha presidencial de 2018, ocasião em que ela se recusou a se posicionar de forma aberta sobre o seu voto.

Portanto, ao comentar a respeito do “cancelamento”, Marina Ruy Barbosa teceu uma série de críticas às posturas dos internautas. O desabafo da atriz foi feito através de sua conta do Twitter e ela explicou os seus motivos para ser contrária à “cultura do cancelamento”.

Na ocasião citada, Marina afirmou que não consegue entender porque as pessoas agem dessa forma em algumas ocasiões. Em tom de ironia, a atriz afirmou que todas as pessoas tentam dar a impressão de que “nasceram sabendo” tudo e, portanto, não cometem equívocos na sua forma de se posicionar.

Atriz chama 'cultura do cancelamento' de seletiva

Mais adiante em seu desabafo, a ruiva ainda afirmou que considerava interessante como essa “cultura do cancelamento” parece bastante seletiva para ela.

Além disso, Marina Ruy Barbosa ainda destacou que as pessoas não nascem tão prontas quanto gostam de fazer parecer e, na verdade, o que mais importa é não fazer mal para as pessoas ao longo da vida, assim como respeitar o espaço de cada um e o processo de aprendizagem das pessoas.

Ainda na sua série de posts, Marina afirmou que, para ela, quem pode ajudar nesse processo de evolução deve fazer isso de forma generosa.

Para a atriz, a vida consiste em uma série de processos pelos quais todo mundo precisa passar.

Após fazer o seu desabafo, Marina Ruy Barbosa recebeu o apoio dos seus seguidores, que chegaram a afirmar que a “cultura do cancelamento” é uma atitude de pessoas que não têm o que fazer. Além disso, outras pessoas afirmaram que muitas pessoas aderem aos “cancelamentos” sem sequer saber o motivo para estar fazendo isso, demonstrando uma espécie de efeito de manada.

Por fim, alguns seguidores ainda afirmaram que a vida é um processo de amadurecimento que acontece de forma contínua e concordaram com o posicionamento da atriz.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!