Há quase uma semana a internet está agitada com os vazamentos de supostas mensagens envolvendo o youtuber PC Siqueira, do canal Maspoxavida, no YouTube. O conteúdo das mensagens envolveriam um caso de pedofilia e acabou vazado por um perfil anônimo no Twitter.

Mais tarde, veículos como G1 apuraram o fato, que já está nas mãos da polícia para investigação. O caso envolvendo o youtuber rendeu, inclusive, pronunciamento de seus parceiros de trabalho do canal Ilha de Barbados, Rafinha Bastos e Cauê Moura, também no YouTube.

Conteúdo das mensagens de PC Siqueira

As supostas mensagens atribuídas ao youtuber PC Siqueira foram divulgadas no dia 10 de junho, por um perfil anônimo no Twitter, que também acabou denunciando o baterista da banda CPM22, Japinha.

Com o passar das investigações, o músico confessou o teor das mensagens e foi afastado da banda.

O conteúdo das mensagens envolvia um suposto caso de pedofilia e compartilhamento de imagens de uma criança de 6 anos de idade. Não demorou muito para que o "exposed" (ou exposição, do inglês) tomasse conta da web.

PC Siqueira, após ter as supostas mensagens expostas, pronunciou-se no Instagram quase 24 horas depois, afirmando que se tratava de uma mentira, acusando as mensagens de terem sido montadas.

Rafinha, Cauê e Felipe Neto se pronunciam

Logo após o youtuber se posicionar em seu Instagram, novas supostas mensagens, contendo, inclusive, áudios foram divulgados pelo jornalista Erlan Bastos. No suposto conteúdo, PC Siqueira confessava, em áudio, a veracidade dos fatos que envolviam a história.

Logo em seguida foi informado que Polícia Civil abriria uma investigação sobre o caso envolvendo o youtuber.

Dessa forma, a cobrança dos internautas por maiores informações se iniciou e o primeiro a se pronunciar sobre o assunto foi Cauê Moura, parceiro de trabalho de PC Siqueira. "Fiquei completamente chocado", disse Cauê.

Rafinha Bastos, também parceiro de trabalho de PC Siqueira, retuitou a postagem de Cauê Moura e também fez um breve pronunciamento em seu Twitter pessoal. Contudo, foi o vídeo de Rafinha, publicado em seu canal no YouTube, na noite deste domingo (14), que fez reacender o fato.

Felipe Neto, cobrado por posicionamento a respeito do caso, preferiu resguardar opiniões e pediu que se aguardassem as investigações sobre o caso. Após o pronunciamento de Rafinha, inclusive, Felipe Neto fez questão de retuitar e afirmar que concordava com o que foi exposto pelo humorista.

PC Siqueira sofre investigação

O youtuber, vale destacar, apagou a publicação em que negava o teor das mensagens após o vazamento de supostos áudios atribuídos a ele que confirmariam a veracidade da história.

Durante a madrugada deste domingo para segunda-feira (15), PC Siqueira voltou às redes sociais para publicar um stories no Instagram. "You want darker, we kill the flame" (Você deseja mais escuridão, nós apagamos a chama, em tradução livre), resumiu PC Siqueira em seu perfil pessoal, que logo foi fechado para novos seguidores.

Através de nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo confirmou a abertura de uma investigação, salientando que a "4ª Delegacia de Proteção à Pessoa, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), apura a denúncia feita por meio das redes sociais contra a pessoa citada".

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!