Uma tragédia atingiu em cheio o mundo do esporte nesta sexta-feira (17). Foi encontrada morta a campeã mundial de patinação Ekaterina Alexandrovskaya, de apenas 20 anos, após cair da janela do apartamento onde morava, em Moscou.

Patinadora é encontrada sem vida

Ekaterina Alexandrovskaya, que nasceu na Rússia e se naturalizou na Austrália, ficou mundialmente conhecida pela sua participação nas Olimpíadas de Inverno do ano de 2018, que ocorreu na Coreia do Sul, como patinadora artística, além de ter sido a campeã mundial da categoria jovem no ano de 2017.

A notícia da morte da atleta foi confirmada pelo seu treinador, Andrei Khekalo, neste sábado (18).

Ele contou que o corpo da jovem foi encontrado depois de cair do sexto andar do prédio onde morava em Moscou, na Rússia. O treinador postou diversas fotos ao lado da atleta em seu perfil nas últimas horas, além de vídeos mostrando a moça patinando. A Polícia está investigando o caso, mas a imprensa russa dá a entender que a jovem teria tirado a própria vida e deixado um bilhete revelando os motivos.

Parceiro de patinadora lamenta morte

Harley Windsor, que por muitos anos fez dupla com a moça em competições, usou seu perfil para lamentar a morte da amiga. Ele postou uma foto ao lado da jovem e disse que não tinha palavras para descrever como estava se sentindo e que estava arrasado com a morte repentina da atleta.

Ele disse que jamais esquecerá e manterá em seu coração tudo que alcançaram durante os anos de parceria e que esse é um tipo de notícia que nunca estamos preparados para receber e desejou que a colega fique em paz. Depois de mais de 10 anos, os jovens conseguiram se classificar para participar das Olimpíadas de Inverno em 2018, defendendo a Austrália.

A parceria entre Harley e Ekaterina terminou em fevereiro deste ano, devido a problemas de saúde da atleta. O treinador da jovem revelou que no mês de janeiro deste ano a moça recebeu o diagnóstico de epilepsia e por isso resolveu se aposentar. Mas segundo o mesmo, antes disto a patinadora já estava sofrendo com depressão.

Mortes no meio dos famosos

Os últimos dias foram de muitas perdas importantes no meio artístico. Na última semana foi encontrado o corpo de Naya Rivera, famosa pela série "Glee", em um lago na Califórnia. A jovem ficou alguns dias desaparecida após sair de barco com o filho de 4 anos e sumir depois de um mergulho. Ela conseguiu salvar o filho, colocando-o em um barco, mas não teve a mesma sorte e foi levada pelas águas.

Faleceu também na última semana a atriz Kelly Preston, aos 57 anos. A famosa era esposa do ator John Travolta e faleceu após dois anos lutando contra um câncer de mama. Ela realizou grandes filmes no cinema mundial, inclusive seu último trabalho foi ao lado do marido no filme "Gotti: O Chefe da Máfia", em 2018.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!