A apresentadora Ana Maria Braga revelou nesta segunda-feira (21), durante uma entrevista ao programa "Roda Viva", que vai ao ar pela TV Cultura, que mesmo após ter enfrentado um câncer de pulmão no início deste ano, não havia deixado de fumar totalmente até o presente momento.

Na declaração, Ana assumiu ser dependente do cigarro e continua mesmo após a doença. A apresentadora foi direta ao falar a respeito do vício em relação a sua questão de saúde. "Eu sou dependente. Continuo dependente do fumo", assumiu.

Ana abre o jogo sobre vício em cigarro

Na conversa, durante o programa, Ana Maria Braga falou de forma aberta a respeito da luta que vivenciou este ano contra o câncer.

Antes do câncer de pulmão que Ana teve que enfrentar neste ano, ela havia sido diagnosticada com a doença em três outros momentos de sua vida.

Em 1991, a apresentadora teve um câncer de pele, em 2001 um câncer colorretal, e, em 2015, ela havia retirado um tumor do pulmão. Agora, novamente, no início deste ano, a apresentadora declarou que estava novamente com câncer e, em abril, anunciou aos seus fãs que havia conseguido novamente se curar da doença.

Ao ser questionada na entrevista pela jornalista Janaína Nunes, da Record TV, se havia deixado o vício de lado, após o novo câncer enfrentado, Ana Maria Braga foi sincera a respeito da luta contra eu tabagismo e declarou que não havia deixado o cigarro ainda.

A apresentadora ainda revelou que, da mesma forma que a pessoa com vício em drogas e álcool, ela tem adotado uma medida de falar todos os dias que ela não fumou e tem dias que consegue vencer sem fazer uso do cigarro, mas em outros não.

Ao longo da conversa, Ana foi questionada pelos entrevistadores a respeito dos boatos que apontavam que a apresentadora estaria vivenciando uma crise na Rede Globo.

Diante disso, Ana esclareceu que o que ela mais tem tranquilidade em afirmar é a respeito de sua relação com a cúpula e direção da emissora. De acordo com Ana, ela sempre teve as portas abertas para o diálogo com a emissora.

A apresentadora garantiu que nos 21 anos que está na Rede Globo ela nunca teve uma repreensão da emissora e sabe o que a Globo espera dela e que entende seus limites. A apresentadora recentemente anunciou que voltaria a fazer o seu programa diretamente de São Paulo, em outubro.

O programa vai contar com um novo cenário, já que Ana costumava aparecer no estúdio que ficava localizado no Rio de Janeiro, antes da pandemia da Covid-19 no Brasil.

Na conversa, a jornalista Vera Magalhães aproveitou para questionar Ana a respeito dos boatos de que ela e Fátima Bernardes teriam uma certa rivalidade na emissora. De acordo com a apresentadora, as duas são amigas e que se divertem vendo os comentários de que as duas possuem uma inimizade.

Siga a página Ana Maria Braga
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!