A notícia de que Marcos Mion foi desligado da Record TV após o sucesso de "A Fazenda 12" pegou de surpresa os fãs do reality e do próprio apresentador, que estava na emissora desde 2009.

Entretanto, a demissão teria sido uma surpresa até mesmo dentro da Record, de acordo com informações do site Notícias da TV. Ainda de acordo com a publicação, uma enorme briga de egos e a perspectiva de que o apresentador fosse para a Globo após o término de seu contrato com a Record TV, que estava previsto para terminar em dezembro deste ano, teriam levado à demissão.

Marcos Mion foi pego de surpresa

De acordo com o Notícias da TV, a demissão teria surpreendido o apresentador, que, assim como o público, recebeu a notícia na manhã desta quarta-feira (27), após decisão tomada pela emissora na véspera.

Segundo a publicação, a relação entre a Record e Mion já estaria tensa desde janeiro de 2019, quando o contrato do apresentador foi renovado pela última vez. Entretanto, a relação teria se deteriorado durante a "A Fazenda 12".

A situação teria se tornado insuportável para a cúpula da Record depois que Leo Dias, do Metrópoles, publicou uma reportagem em que ressaltava que Mion estaria insatisfeito com a emissora e disposto a ir para a Globo. Segundo o Notícias da TV, os bispos da Record chegaram a conclusão que a informação teria sido vazada pelo próprio apresentador.

Notícia de insatisfação teria atrapalhado renovação com Marcos Mion

A emissora entendeu que este suposto vazamento teria sido um recado de que ele tem interesse em ir para a Globo. Assim, uma possível renovação entre as duas partes teria sido interrompida e os bispos decidiram colocar fim no contrato antes que o apresentador esteja à frente da próxima edição de "A Fazenda", evitando assim que ele vá para a Globo em "alta".

Mion também teria irritado os diretores da emissora ao desrespeitar regras, reclamar de muitas coisas e "se achar o dono" de "A Fazenda". A situação em que ele teria deixado escapar a eliminação de Mariano antes da hora também teria deixado os diretores extremamente irritados.

Outro momento que teria contribuído com a demissão teria sido uma entrevista ao Meio&Mensagem em que Mion revelou que ele foi o grande responsável pela parceria da Record com o TikTok.

A situação teria causado uma enorme briga na emissora, envolvendo até o vice-presidente Comercial, Walter Zagari.