O humorista gaúcho Nego Di foi eliminado do "BBB21", na noite desta terça-feira (16). O rapaz bateu o recorde de rejeição, com 98,76%. Dentro de um paredão triplo, o recorde era da ex-BBB Patricia Leite, da edição 18, que foi eliminada com 94,2% dos votos. Mas, na história do "Big Brother Brasil" quem bateu o recorde de rejeição em todas as edições do reality foi a participante Aline, do "BBB5", que obteve 95% dos votos.

O paredão foi muito aguardado pelos brasileiros, e quando Sarah indicou Nego Di, as redes sociais ficaram agitadas, e tudo mostrava que o recorde de rejeição seria muito grande.

Anônimos e famosos manifestaram seu desejo de ver o rapaz fora da casa.

Sarah recebeu 0,37% dos votos e o cantor Fiuk, 0,87%. Após a saída, Nego Di conversou com o apresentador Tiago Leifert, que apontou algumas coisas que podem ter prejudicado o humorista no jogo. Principalmente em relação ao tratamento e a postura dele com Lucas Penteando, que acabou desistindo da competição.

Na despedida, os companheiros de confinamento que são amigos de Nego Di ficaram chorando, principalmente Karol Conká e Pocah. No entanto, outros brothers ficaram emocionados por não ter sido eliminados do programa. Sarah celebrou ao lado de Gil, e Fiuk recebeu os parabéns de Projota e Karol Conká.

Agora, a expectativa e ver como vai ficar a casa após a eliminação de Nego Di.

O público espera que algumas atitudes sejam revistas, no entanto, tem outros que esperam mais reviravoltas.

'Jogo da Discórdia'

Antes da eliminação, Thiago Leifert fez na segunda-feira (15) um jogo com os participantes para agitar a casa. Logo após o jogo, foi exatamente o que aconteceu, Pocah e Gil brigaram durante a madrugada.

O jogo da discórdia tinha como objetivo que cada participante do "BBB21" indicasse quem iria com ele para final, e também quem seria o brother que na opinião deles não iria ganhar o reality de jeito nenhum.

A dinâmica acabou mexendo muito com alguns participantes, gerando muita emoção entre eles, e principalmente mais intrigas.

Formação do paredão do 'BBB21'

A formação do paredão do último domingo (14) foi desenhada a partir da indicação da líder da semana, a rapper Karol Conká, que indicou a brasiliense Sarah. Para este paredão, não teve Big Fone e Bate Volta.

Dessa forma, Sarah teve o direito de fazer o contragolpe e colocou Nego Di junto com ela no paredão do "BBB21".

Pela casa, teve uma votação bastante ampla, contudo, quem recebeu a maioria dos votos foi o ator e cantor Fiuk. Ao todo, o filho de Fábio Júnior teve 5 votos, ficando muito chateado com a escolha dos colegas de confinamento.

Prova do líder

O paredão deste domingo começou a se formar logo depois da prova do líder, que ocorreu na última quinta-feira (11). A prova foi feita pela primeira vez de forma individual, onde eles teriam que correr para o centro do espaço para buscarem latinhas com letras, onde cada um dos brothers teria que completar as palavras incompletas na sua frente.

Com o final da primeira rodada, o apresentador Tiago Leifert iniciou uma conferência para verificar se todos os brothers conseguiram completar as palavras, e se fizeram dentro do tempo.

Nego Di foi eliminado, pois tinha trocado a latinha de lugar após apertar o botão.

Na segunda rodada, cada participante tinha que ir para o centro e escolher uma palavra e trocar de lugar entre si. Contudo, desde o início da prova, Leifert tinha avisado para os telespectadores que a palavra que daria a liderança era "otimismo''. No final desta rodada, Sarah ficou na palavra "otimismo". Karol Conká foi a última a escolher, e acabou decidindo ficar com a palavra "otimismo", tornando-se a terceira líder da casa do "BBB21".

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!