No último dia 31, a Revista Veja divulgou um aprofundado estudo envolvendo os 27 estados brasileiros, medindo itens como segurança pública, educação, infraestrutura, etc, e atribuindo as respectivas notas de acordo com o potencial e o trabalho de cada localidade. No quadro geral, São Paulo, governado pelo tucano Geraldo Alckmin (PSDB-SP), ficou em primeiro lugar, com um total de 90 pontos.

O Ranking de Competitividade dos Estados (RCE) foi elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) e pela consultoria Tendências, contando com o apoio do Economist Intelligence Unit (EIU), que compõe o The Economist, da Inglaterra.

Entre os meses de novembro e dezembro de 2015, São Paulo viveu uma profunda crise no seu sistema educacional.

Publicidade
Publicidade

Após Alckmin anunciar o fechamento de diversas escolas e uma reorganização da educação pública, alunos ocuparam suas instituições de ensino e desencadearam um clima tenso contra os policiais militares. Pressionado, o governador voltou atrás e desistiu de fechar as escolas. Mesmo após a crise, Veja classificou São Paulo com nota máxima (100) em termos de educação.

Os paulistas também se destacam em outros indicadores importantes para o bem estar da sociedade civil. Segundo a publicação, São Paulo está em segundo lugar no quesito “segurança pública”, com 94 pontos, perdendo apenas para o Paraná, comandado pelo tucano Beto Richa, que alcançou a marca de 100 pontos.

No que diz respeito à “sustentabilidade social”, que engloba fatores como saúde, desigualdade e saneamento, São Paulo ficou em terceiro lugar com 90 pontos.

Publicidade

Em primeiro, aparece Santa Catarina, com 100, seguido pelo Rio Grande do Sul, que bate a marca de 92 pontos. #Governo #Crise no Brasil