Você sabia que pelo menos 5 em cada 10 pessoas sofrem de algum nível de insônia? Só no Brasil cerca de 30% a 50% da população sofre deste mal. A insônia não é só desagradável porque não deixa a pessoa dormir direito: os males causados à #Saúde por falta de sono podem ser permanentes pois desencadeiam uma série de problemas que afetam até mesmo a vida profissional e social.

O tempo ideal de sono para um adulto é de pelo menos 8 horas por noite, menos do que isso já é o suficiente para afetar o desempenho das funções motoras e capacidade de concentração ao longo do dia. No decorrer de vários dias sem conseguir dormir o tempo adequado por noite, o sistema imunológico começa a se enfraquecer deixando o indivíduo mais sujeito a doenças e infecções.

O que fazer quando não se consegue dormir?

Dentre os motivos que podem levar uma pessoa a ter dificuldades para dormir estão como principais:

  • Ansiedade
  • Alimentação inadequada
  • Depressão

Dica 1 – ­Evite distrações tecnológicas

A tecnologia é sua aliada para praticamente tudo em seu dia, como os estudos, o trabalho, o entretenimento e a comunicação com outras pessoas. Mas para dormir, ela pode ser uma grande vilã, principalmente quando você já está sem sono.

Evite levar aparelhos eletrônicos como tablets, notebooks e smartphones para cama, pois a distração que eles oferecem pode fazer com que você fique acordado por muitas horas sem perceber tempo passar, além do que você irá ficar ainda mais desperto.

Dica 2 ­- Evite fumar

O cigarro possui substâncias estimulantes e nos 20 minutos após a primeira tragada em um cigarro, a pressão arterial aumenta fazendo com que o coração bata mais vezes por minuto. Fumar de noite pode fazer com que você tenha dificuldades em conseguir dormir.

Dica 3 ­- Não beba café, chá preto, mate ou energéticos

Tanto o café como o chá preto ou chá mate possuem substâncias altamente estimulantes que podem fazer com que você perca o sono completamente. Se você não consegue ficar sem consumir café todos os dias, tente se limitar a apenas duas xícaras e que sejam no máximo até às 18 horas, para que o seu organismo tenha tempo de eliminar a cafeína e você possa sentir sono na hora de dormir.

Dica 4 ­- Faça exercício físico (mas fique atento com o horário)

Fazer exercícios físicos todos os dias é de extrema importância para a saúde, além de ser ótimo para ajudar você a conseguir sentir sono no horário certo, pois o exercício e a atividade física além de ajudarem você a gastar energia, liberam endorfinas que causam sensação de prazer e relaxamento e inibem a ansiedade. Mas evite fazer os seus exercícios muito próximo da hora em que você costuma se deitar para dormir, pois os exercícios também liberam hormônios como a adrenalina no organismo, fazendo com que você fique altamente estimulado e não consiga dormir.

Dica 5 -­ Crie um ambiente e um momento de conforto

Grande parte das pessoas que sofrem de insônia afirmam que parte dos motivos que não conseguem dormir é porque sentem desconforto ao se deitar na cama, o que faz com que a ansiedade aumente ainda mais. Procure fazer com que o seu ambiente e o seu momento de sono sejam agradáveis. Tome um banho quente, alimente-se de forma saudável e sem exagero, regule a temperatura do seu quarto, mantenha a sua cama sempre arrumada e com lençóis e fronhas limpas, ajuste a iluminação de forma agradável e isole o barulho externo.

Dica 6 ­- Se não estiver conseguindo dormir, pare de forçar

Continuar tentando dormir mesmo sem estar com sono, não irá ajudar em nada, muito pelo contrário, só fará com que a sua ansiedade aumente ainda mais. Portanto, se você já está deitado há 30 minutos e ainda não está sentindo nem um pouco de sono, levante-se, caminhe pela casa, leia alguns capítulos de um livro, não ligue a televisão e nem vá mexer na internet, procure fazer alguma atividade entediante que lhe dê sono e depois tente deitar novamente. Se você continuar sem sentir sono por mais 30 minutos, repita o processo de novo.