RESUMO

Os hábitos alimentares saudáveis acompanhados de práticas de atividades físicas e/ou esportivas promovem inúmeros benefícios para aqueles que aderem a tais hábitos – sendo elas atletas ou não. Redução no nível de doenças, diminuição do estresse e ansiedade, além de melhorar a disposição, coordenação e bom rendimento nas atividades do dia-a-dia. O tema “esportes e alimentação saudável” é o elemento escolhido para construir esse estudo. O objetivo exposto, é verificar a prática das atividades físicas, tanto em jovens (crianças e adolescentes) quanto em adultos e pessoas idosas, o costume de fazer algum esporte, em ambos os gêneros/sexos e o que impede alguém de realizar exercícios físicos regularmente.

Publicidade
Publicidade

Para construir este estudo foi realizado um método de pesquisa quantitativo de caráter exploratório, utilizando um questionário feito no site Google Forms, sendo um total de trinta e uma pessoas que responderam à pesquisa. O resultado apresentado mostra que a maior parcela foi do gênero feminino e que a prática esportiva não é comum no dia-a-dia da maioria dos entrevistados, mas que apesar disso, muitos demonstraram ter interesse em fazer alguma atividade pela melhora da qualidade de vida e disposição na vida cotidiana.

Palavras-chave: esportes, alimentação saudável, atividade física, hábitos alimentares.

  1. INTRODUÇÃO

O hábito de praticar esportes acompanhado de uma alimentação saudável está muito associado a uma boa qualidade de vida e a manutenção de uma vida mais saudável.

Publicidade

Uma boa dieta e a prática regular de atividades físicas traz benefícios para todas as pessoas, sendo elas atletas ou não. Com isso, se torna fundamental combinar uma boa alimentação com as práticas esportivas, pois traz um melhor desempenho na execução dos exercícios.

Muito se fala que a prática de esportes e uma boa alimentação devem andar lado a lado, em outras palavras, devem trabalhar em conjunto para a promoção de uma #Saúde estável. Para obter esse modelo ideal de qualidade de vida é preciso mudar os hábitos alimentares considerados sedentários e manter a prática de exercícios físicos. Contrapondo essa ideia, as pessoas têm deixado de lado esses hábitos que trazem benefícios para a saúde, a correria do dia-a-dia em um mundo globalizado e com a tecnologia estando cada vez mais presente na rotina das pessoas, são dois principais aspectos que as impedem de realizar atividades físicas.

A prática de esportes, aliada a uma alimentação saudável, contribui para a diminuição do sedentarismo? Com base neste questionamento é feito este estudo sobre esportes e hábitos que contribuem para uma vida saudável.

Publicidade

Este trabalho será dividido em cinco capítulos, sendo que cada um aborda uma etapa específica do projeto. O primeiro apresentando a introdução, incluindo o problema de pesquisa, justificativa e os objetivos que levaram a fazer este estudo. O segundo apresenta os objetivos geral e específico. O terceiro indica o método utilizado para chegar aos objetivos do estudo, o tipo de pesquisa, abordagem, amostra e construção do instrumento de coleta de dados (questionário). O quarto expões as análises, ou seja, a organização das respostas obtidas através do questionário. O quarto (e último capítulo) mostrará a conclusão, uma síntese de todo conteúdo apresentado neste artigo científico, revendo as limitações que dificultaram sua realização, o que pode contribuir futuramente para a sociedade e, enfim, as considerações finais e referencias.

  1. OBJETIVO

O objetivo apresentado nesta pesquisa é de avaliar a prática de atividades físicas e a prevalência de hábitos alimentares saudáveis, tanto em pessoas que praticam esportes quanto aquelas que não são atletas.

  • OBJETIVO ESPECÍFICO

Neste estudo, verificou-se a prevalência de hábitos saudáveis e atividades esportivas tanto em homens quanto por mulheres e em diferentes idades; e o os motivos que levam uma pessoa a não praticar exercícios físicos na vida cotidiana e ao comportamento sedentário.

  1. MÉTODO

Foi utilizado o método de pesquisa quantitativo, ou seja, houve uma quantificação dos dados através de uma coleta de informações. Os procedimentos aplicados para a formulação do questionário incluem técnicas estatísticas que, com base no que foi respondido nas questões feita aos entrevistados, foi feita então uma análise do percentual de respostas obtidas. Com este método pode-se avaliar melhor os resultados quando é feita com um número consideravelmente grande de pessoas.

A pesquisa foi feita nos moldes de uma abordagem quantitativa, ou seja, os dados uma vez coletados eles representam um resultado do estudo feito e a realidade das pessoas participantes de tal pesquisa. O tipo de amostragem utilizado neste processo de coleta de dados foi a amostragem probabilística sistemática, ou seja, a escolha dos entrevistados ocorre de forma aleatória. O método foi facilitado pela praticidade em reunir as informações necessárias em um grande número de pessoas, sem a necessidade de ter de se reunir com cada uma delas.

Feito um questionário no Google Forms, um site que permite aos usuários fazer formulários online de forma gratuita, com dezessete perguntas de múltiplas opções que o entrevistado poderia responder de maneira rápida, sem que ocupe mais de três minutos de seu tempo para responder. Após sua criação, o formulário foi compartilhado nas redes sociais e aplicativos de mensagens existentes (Facebook, Messenger, WhatsApp, E-mail, etc.).

  1. DISCUSSÃO DOS RESULTADOS DAS ANÁLISES

A amostra dessa pesquisa foi feita por quarenta e seis pessoas que responderam de maneira voluntária o questionário. Foi utilizando uma amostra probabilística, uma vez que não foi selecionado um grupo específico de pessoas para responder a pesquisa.

  1. CONCLUSÃO

As práticas de atividades físicas aliadas a uma alimentação saudável promovem inúmeros benefícios para a saúde daqueles que, por alguma necessidade ou não, aderem a esses hábitos. O estudo realizado com base neste assunto promoveu uma análise das práticas esportivas e da prevalência de estilos de vida sedentários - não saudáveis; tanto em jovens quanto em pessoas adultas. Utilizando uma coleta de dados quantitativa através de um questionário, apresentando algumas limitações como alguns entrevistados podem não ter sido sinceros ao responder as questões, pouca profundidade no assunto abordado para não acabar sendo maçante com um grande número de questões a serem preenchidas, e algumas opções de respostas nem sempre estão de acordo com o modo de vida dos entrevistados.

Em virtude dos fatos mencionados, leva-se a acreditar que o método de coleta quantitativo, apesar das limitações, é um método prático para fazer em amostrar grandes, pois abrange uma grande quantidade de entrevistados e possibilita a obtenção de dados. Os dados coletados, por sua vez, ajudaram a ter uma noção da realidade da qual os entrevistados estavam inseridos e auxiliar a solucionar o problema de pesquisa, onde pode-se chegar à conclusão de que hábitos saudáveis podem levar a diminuição do sedentarismo, se mais pessoas pudessem aderir a esses hábitos.

#2017