Sensacional. Essa palavra define a gravação de um inusitado fenômeno captado no céu da cidade de Squamish, na Colúmbia Britânica (Canadá), em 22 de julho. Reportado pelo jornal local Squamish Chief , nesta quarta-feira (2), o caso repercute na internet e intriga, inclusive, militares e especialistas em imagens – veja a manchete.

Na ocasião, os pesquisadores Rob Freeman e Marcus McNabb, membros do Centro para o Estudo Científico de Anomalias Atmosféricas, que num período de três anos já visitaram 11 países e 30 cidades, atrás de evidências ufológicas, foram surpreendidos pelo surgimento de uma imensa esfera luminosa.

Publicidade
Publicidade

Conforme Freeman, o objeto voador não identificado (ovni/UFO) [VIDEO] foi gravado em Stawamus Chief, um famoso território montanhoso, conhecido pelos frequentes avistamentos de ovnis. A população local, formada em grande maioria por indígenas, o descreve como sagrado.

Os investigadores revelaram que tudo aconteceu por acaso. Na verdade, eles estavam a caminho de Vancouver, onde iriam conversar com o caçador de UFOs Charles Lamoureux.

Contudo, ao pararem na cidade e visitarem uma loja, receberam a informação de um desconhecido sobre acontecimentos estranhos naquela localidade. Sem titubear, esperaram anoitecer e foram para a região de Stawamus Chief, onde flagraram a emblemática esfera.

Em depoimento ao jornal, Freeman salientou ter pensado se tratar de um avião. Porém, ao reparar a inexistência de som, ele e o colega perceberam que era algo, talvez, de “outro mundo”.

Publicidade

O #UFO, conforme as testemunhas, desceu perto das árvores. “As árvores atrás do orbe estavam todas iluminadas. Isso significa que estava na frente das árvores", disse ao Squamish Chief.

A mais conceituada organização ufológica do mundo, Mutual UFO Network (MUFON), que conta com especialistas em diversas áreas científicas, em atuação desde 1969, revelou entusiasmo com a filmagem. "Este é o vídeo de orb mais claro até agora este ano", declarou o porta-voz.

Profissionais analisam vídeo

Nesta quinta-feira (3), ao ler os mais variados comentários sobre o filme, na página online do jornal Squamish Chief, Rob Freeman acrescentou que as imagens foram estudadas por dois especialistas em fotos e vídeos forenses.

Um dos envolvidos na averiguação é reservista do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, e o outro especialista em imagens aposentado pela Kodak.

Os profissionais validaram a gravação. Ainda descartaram a chance de ser drone, avião, ou qualquer objeto terrestre.

“Ambos aprimoraram o clipe usando métodos científicos geralmente aceitos e descobriram que ele tinha características multiespectrais incomuns, o que significa que esta luz não foi produzida a partir de nada terrestre.Vou acompanhar aqui depois de receber mais informações.Incluí um link na descrição do vídeo do YouTube para qualquer pessoa baixar as imagens originais para estudo ou análise”, informou Freeman.

Publicidade

Morador da região, Skookum1 escreveu que várias pessoas observaram estranhas esferas em movimento, na localidade de Stawamus Chief, nos anos 80.

“Lembro-me que nos anos 80 havia um grupo inteiro de pessoas, não apenas uma ou duas, que viram um grupo de esferas coloridas movendo-se para cima e para baixo em frente ao Chief e a Stawamus squaw. Os meus amigos que moravam em Valleycliffe os viram, e também a maioria dos Squamish [indígenas]. Há muitas pessoas que viram isso”, comentou – veja os depoimentos.

Afinal, será que a “verdade está lá fora?”, ou, quem sabe, aqui mesmo, “tudo junto e misturado”?

#Canadá #Ovni