A tradicional vinheta de fim de ano da Rede Globo, conhecida pelos versos "hoje é um novo dia, de um novo tempo, que começou", vazou na internet na noite desta sexta-feira (27). O vídeo, em qualidade ruim - porém no formato 16:9 - só estreia no domingo (29), dentro do Fantástico, mas foi disponibilizado dois dias antes pelo YouTube e foi compartilhado diversas vezes nas redes sociais. A Globo trabalhou rápido e deletou do YouTube ainda na madrugada deste sábado (28), mas a gravação vazada ainda circula pela internet.

No vídeo, o elenco da Globo contracena com os jornalistas da emissora, e dança ao som da versão cantada por Milton Nascimento.

Publicidade
Publicidade

O mote da campanha de 2015/2016 são os Jogos Olímpicos, que serão sediados no Rio de Janeiro entre os dias 5 e 21 de agosto. As Paralimpíadas tomarão a cidade maravilhosa entre 7 e 18 de setembro. É a primeira vez que uma cidade da América do Sul sedia a maior competição do esporte, e o Rio já está recebendo dezenas de eventos-teste nas modalidades olímpicas. É possível ver integrantes do "time de ouro" da emissora, como Flávio Canto, de mãos dadas com grandes esperanças de medalhas no ano que vem, por exemplo o ginasta Arthur Zanetti.

Os jogos Rio 2016 marcam o retorno da #Rede Globo às transmissões de competições organizadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Em disputa realizada no final dos anos 2000, a Record abocanhou os direitos de transmissão das Olimpíadas de 2012, em Londres, e também transmitiu os Jogos de Inverno de Vancouver, em 2010, com exclusividade na TV aberta.

Publicidade

A emissora da Igreja Universal ainda foi a única exibidora fora das TVs a cabo das Olimpíadas de Inverno de Sochi, em 2014, e do Pan de Toronto, em julho deste ano. Curiosamente, a Globo já havia adquirido os direitos para Sochi-2014 e Rio 2016, mas optou por não exibir nenhuma competição ao vivo, ficando essa função restrita ao SporTV.

Vazamentos não são novidade

Em abril de 2014, a Globo já havia permitido o vazamento do formato do "Novo Fantástico". A AbsurdaTV conseguiu o piloto da revista eletrônica, e vazou em uma transmissão ao vivo pela internet. Horas depois, o jurídico da TV Globo tirou todos os perfis da webtv do ar e fez uma "caça às bruxas" para tentar descobrir os responsáveis pela divulgação, mas exibiu boa parte do programa vazado três semanas antes na estreia do novo formato. Em dezembro do ano passado, a vinheta de fim de ano também foi vazada pelo mesmo grupo, porém não houve as mesmas represálias. #Entretenimento #Televisão