Muitas pessoas optam por criar galinhas no quintal de suas casas. Além dos ovos frescos e mais saudáveis, as galinhas são predadoras naturais de alguns inimigos peçonhentos, como por exemplo, escorpiões. Embora na maioria do tempo elas fiquem presas em cercados, uma vez ou outra, as galinhas podem ser soltas para ciscar pelo quintal, comer insetos e todo tipo de plantas que encontrar pela frente, inclusive pés de maconha.

E foi assim que as inocentes galinhas que viviam tranquilamente no quintal de uma casa na cidade de Conceição da Barra, localizada na região norte do Estado do Espírito Santo, provocaram uma tragédia em família.

De acordo com o portal de notícias online, UOL, um adolescente, de 17 anos, surtou quando descobriu que as galinhas criadas por seu tio tinham devorado os pés de maconha que ele havia plantado e estava cultivando no quintal da residência. Revoltado ele tentou matar o seu tio.

Cadê meus pés de maconha?

O caso aconteceu no último dia 10 de agosto e, segundo a Polícia Militar do Espírito Santo, em depoimento, o tio do jovem, que não teve seu nome identificado, disse que se assustou com o sobrinho, que entrou em casa quebrando os móveis e gritando enfurecido. Até então, o dono das galinhas não sabia o que havia acontecido. Foi quando o jovem, esbravejando, o informou que suas aves devoraram os dois pés de maconha que ele vinha cultivando no quintal da casa.

O homem ficou perplexo, ao descobrir que tinha maconha plantada no quintal de sua casa, e começou a discutir com o sobrinho. Ainda mais enfurecido, o adolescente pegou uma arma de fogo de seu padrasto e atirou contra o tio e, por pouco, o disparo não foi fatal.

Felizmente, o tiro atingiu o braço esquerdo do homem, que precisou ser levado para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, onde foi atendido.

De acordo com a PM, o homem passou pelos procedimentos necessários na unidade de saúde e foi liberado.

Apreensão do menor

A PM fez uma varredura no quintal da casa da família e realmente não encontrou outros pés de maconha no local, pois as galinhas exterminaram a plantação do jovem.

Depois de atirar no tio, o menor fugiu do local, mas foi encontrado pela Polícia e levado até a cidade de Linhares (ES), onde prestou depoimento na delegacia da cidade.

Ainda segundo a Polícia Militar, o adolescente deve ser internado na 'Fundação Casa' e a Polícia Civil dará continuidade às investigações.

Vale ressaltar que, pelas leis vigentes no Brasil, o plantio de maconha, mesmo que seja para uso próprio é proibido.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!