Crimes que envolvem o roubo de bebês parecem se tornar cada vez mais comum, onde mães grávidas acabam brutalmente assassinadas para que os seus filhos sejam roubados de seu ventre por um casal que deseja ter um filho. Mais um crime desses aconteceu em São Sebastião do Uatumã, município que fica no Amazonas, cerca de 240 km de Manaus, capital do estado.

O casal envolvido no crime acabou sendo preso, depois que a vítima foi encontrada sem vida nesta quinta-feira (19). Segundo informações das autoridades envolvidas no caso, mais pessoas poderiam estar envolvidas no crime.

Grávida tinha 20 anos e foi morta por casal que roubou o bebê

A vítima tinha apenas 20 anos e estava grávida de 37 semanas. A gestante possuía sinais de estrangulamento no momento em que as autoridades chegaram ao local.

Os suspeitos foram encontrados quando tentavam fugir do município ao embarcar na orla de Itapiranga. Para as autoridades, os presos afirmaram que cometeram crime, confessando a atrocidade que foi feita com a gestante.

Casal dopou a grávida antes de abrirem a barriga dela com uma faca

O que mais surpreendeu a todos é que a vítima foi escolhida aleatoriamente, pois os acusados não conheciam a grávida antes de tudo acontecer. O casal disse que conheceu a jovem em uma lanchonete e, após a dopar com remédios, os dois arrastaram a jovem para um local em que o homicídio foi cometido. A gestante foi encontrada sem vida e com o seu bebê roubado, indicando que aquele seria um crime com o objetivo de raptar a criança.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Maternidade

O crime foi cometido em uma mata. Os acusados mataram a gestante utilizando uma faca, que foi usada para abrir a barriga da mulher e roubarem o bebê. O casal confessou ainda que a mulher presa tem problema de infertilidade e que sempre teve vontade de ter filhos. Essa seria a justificativa para o crime que cometeu, parecida com a história de outros que já foram noticiados em que casais com problemas para terem filhos decidem roubar um bebê sequestrando e matando uma gestante.

Como a mulher presa era considerada estéril, ela achou que a melhor forma de ter uma criança seria roubando bebê de uma mãe inocente. Já preso, o casal foi autuado por homicídio duplamente qualificado. Como foi preso em flagrante, ficará detido até que o julgamento aconteça. O bebê que foi retirado da barriga da mãe passa bem e foi levado para uma unidade de saúde. A criança ficará sob a guarda do conselho responsável por crianças e adolescentes do município até que algo seja decidido sobre a sua guarda.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo