O que bombou nesta semana foram os vídeos da dita 'socialite' Day McCarthy que falou um monte de bobagens racistas e ofensivas direcionadas à filha de Bruno Gagliasso e Giovana Ewbank, a pequena Titi. A mulher que revoltou todo o Brasil foi envolvida em uma outra notícia no Brasil, que da conta de que uma facção criminosa estaria oferecendo uma verdadeira fortuna para quem matasse a socialite, que também já falou mal do filho de Ana Hickmann e de Roberto Justus e Ticiane Pinheiro. Day, que depois foi desmascarada por Leo Dias, sobre seu obscuro passado que envolve prostituição, prisão e imigração ilegal, estaria morando na Suíça, ao invés de estar no Canadá, como afirmou em alguns vídeos.

Se você não viu, a socialite chegou a chamar a pequena Titi de 'macaca', dizendo que ela tinha 'nariz e cabelo de preto' e que era horrível. Repetiu este último adjetivo várias vezes. Em outra oportunidade, ela chegou também a comparar Rafaella Justus com o boneco Chuck, o que chocou o país. Não satisfeita, ainda colocou o nome de Anitta na 'roda' e disse que ela teria um vídeo da cantora cheirando coca.

Depois de tantas ofensas, a rede social da mulher que estava com quase 1 milhão de seguidores (Instagram) acabou sendo retirada do ar (mais uma vez) e ela acabou ficando sem seu principal meio de disseminar ódio e o preconceito racial.

A mulher acabou despertando a ira de todo o povo brasileiro que se empenhou para tentar ajudar de alguma forma a família Ewbank/Gagliasso.

Família que aliás já explicou que vai onde foi preciso para colocar Day McCarhy na cadeia e que este tipo de crime não pode ficar impune.

A delegada do caso já até afirmou que independente de onde ela esteja, ela poderá e responderá pelo crime de injúria racial e quando pisar em solo nacional, se condenada, poderá ser presa (prisão aliás, que não seria novidade para a suposta socialite que já foi presa em 2015 nos Estados Unidos e, inclusive, confirmou o fato).

De toda forma, a notícia de que uma facção criminosa estaria pagando uma fortuna pela cabeça da mulher, chocou o Brasil. Mas será que é verdade?

Cabeça de Day McCarthy estaria valendo R$ 50 mil?

O site Boatos.Org tratou de buscar informações sobre a possível oferta do PCC, que pode ser vista ao final do artigo. No possível comunicado, a socialite, que nasceu no Espírito Santo, estaria com a cabeça a prêmio e que o dinheiro seria pago pelo PCC, Primeiro Comando da Capital.

A verdade é que depois de uma investigação, ficou claro que o PCC não fez o comunicado e as evidências são a falta de informação, já que ela não mora no Canadá; o PCC não costuma pagar pela cabeça de alguém que não seja expressivo ou prejudique a facção, como policiais e agentes penitenciários e, por fim, o site ainda apurou que a afirmação seria apenas uma cortina de fumaça de alguém revoltado para intimidar a mulher. A verdade é que a informação é falsa.

Veja mais sobre o caso:

Socialite que atacou Titi, Anitta e Rafinha recebe castigo rápido e fica 'muda'

Socialite que ofendeu Titi teria gravado vídeo de Anitta usando droga: 'Cocaína'

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!