Está viralizando nas redes sociais uma fotografia em que um cão espera seu dono em frente a uma Unidade de Pronto Atendimento em Santos, no litoral de São Paulo. Porém, seu dono já havia falecido quando a foto foi tirada. A imagem, que consiste em um pedido de ajuda ao cãozinho, foi publicada na sexta-feira (15) e já possuiu milhares de compartilhamentos nas redes sociais.

De acordo com o portal G1, Everton Richard Teodoro foi quem fez a publicação em sua rede social, ele é segurança patrimonial e tinha acabado de passar por uma consulta na Unidade de Pronto Atendimento de Santos quando se deparou com o cachorro deitado na porta.

Ele relata que entrou, passou pela consulta médica e o animal permaneceu no mesmo local.

O segurança relatou que chegou na UPA por volta das 15h e viu o cão deitado na porta quando estava entrando para a sua consulta. Quando ele já estava de saída do local, o cão permanecia no mesmo lugar, e aquilo chamou a atenção de Everton, que logo perguntou a uma das funcionarias da UPA, que relatou a ele que o animal estava ali desde que seu dono havia chegado na quarta-feira, dia 13 de março, porém, o seu dono acabou falecendo, e já havia sido velado e sepultado, mas o animal continuava a sua espera.

Ele também disse que tentou dar água e um pedaço do pastel ao cão, mas ele não quis comer, e uma funcionária acabou alertando a Everton de que outras pessoas já haviam tentado fazer carinho no cachorro, mas a reação dele foi avançar. Ainda na entrevista ao G1, o segurança patrimonial acredita que o cão está a espera de que seu dono volte para buscá-lo, e ele tem medo de que alguém tente o tirar daquele local antes disso.

Everton conta que fez a publicação em seu Facebook no intuito de que alguma pessoa pudesse ser solidária com o cão, pois ele se comoveu, mas não tinha espaço o suficiente em sua casa para levar o animal.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Animais Santos

Disse, também, que em meio a tantas noticiais ruins que vem recebendo hoje em dia, ver um gesto de amor como esse do cão traz esperança de que um dia a humanidade possa se tornar melhor e olhar para as pessoas com um pouco mais de carinho, amor, respeito e empatia.

O cãozinho fez com que alguns moradores se mobilizassem para tentar encontrar um novo lar para ele. Entretanto, o G1 recebeu algumas informações de que até esse domingo (17) o cão permanecia no mesmo local e um novo lar ainda não havia sido encontrado para o animal.

O G1 tentou entrar em contato com a prefeitura, mas não obteve resposta.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo