Um jogador de "Pokémon Go" causou uma grande confusão nos últimos dias em um bairro da zona oeste de São Paulo ao ser confundido com um ladrão de residências. Na região são comuns os assaltos a casas, o que deixa os moradores em alerta para qualquer movimentação de pessoas suspeitas.

Câmeras de segurança instaladas em imóveis do bairro Ipojuca flagraram um jovem com touca, óculos escuros e um celular na mão, como se estivesse tirando fotos das casas.

Não demorou para que as imagens começassem a circular nas redes sociais e em grupos de aplicativos de mensagens com um “alerta” sobre a ação do suposto ladrão que estaria tirando fotos das casas que, na visão dos moradores, eram potenciais alvos de roubo. "Esse rapaz estava tirando fotos das casas. Fiquem atentos", alertava um dos posts na internet, acompanhado de algumas fotos.

“Ele ficava de touca e óculos escuros na porta das casas, um sábado, três horas da tarde.

Um cara vai ficar assim na rua, olhando para sua casa. Todo mundo ficou apavorado e com medo e começaram a mandar mensagens uns para os outros e deu nisso”, disse o motoboy Marcelo Carvalho, morador da região.

O capitão Paulo César Sanchez, disse ter recebido a informação dos moradores dando conta de que um rapaz estaria tirando fotos das casas, mas após averiguação, o mal-entendido foi desfeito.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Animes

“Não era uma questão relacionada ao crime, mas sim relacionada a brincadeira”, disse.

Sanchez disse também que os próprios parentes do rapaz entraram em contato com a Polícia após verem a foto do jovem circular nas redes sociais sendo confundido com um bandido. O rapaz foi até a delegacia acompanhado da mãe, explicou os fatos e tudo ficou esclarecido nos grupos que se tratava de um jogador e não de um assaltante.

Ele mesmo postou uma mensagem nas redes sociais explicando os fatos.

O vigilante José Arnaldo da Silva disse que viu o garoto passando algumas vezes na rua, mas não acreditou que pudesse ser um assaltante. “Ele não me parecia uma pessoa que queria fazer maldade com alguém”, disse.

O jogo

O "Pokémon Go" é um jogo que se baseia no conceito de realidade aumentada, desenvolvido para smartphones, que mistura o mundo real ao mundo virtual, onde os usurários têm que caçar os personagens.

Com o GPS do celular conectado a um aplicativo, os jogadores recebem um sinal quando estão próximos de alguns desses monstrinhos.

Para poder “capturá-los”, o jogador deve ligar a câmera de seu celular, daí a razão dos moradores imaginarem que o jovem estivesse fotografando as residências.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo