Uma loja da cidade de Porto Velho, em Rondônia, decidiu utilizar os papéis de currículos para embrulhar as mercadorias de uma cliente da loja, tendo a atitude repercutido fortemente nas redes sociais. Muitas pessoas repudiaram e condenaram o fato, tendo o estabelecimento afirmando que tudo aquilo foi um “erro grave”, pedindo desculpas pelo acontecimento.

De acordo com os relatos da internet, a consumidora procurou a loja para poder comprar algumas peças de vidro que eram vendidas no local. Chegando em casa, se deparou com os materiais embalados em currículos deixados no comércio.

Ao ver o ocorrido, a mulher se mostrou indignada, tirando fotos e publicando o acontecimento na internet.

Em suas redes sociais, a moça disse que, se adentrando no shopping da cidade, passou pela loja #lojaspatricinhasfashionpvh para poder comprar alguns objetivos de vidro que necessitava. No entanto, quando chegou em sua casa e foi abrir para ver as peças, foi surpreendida ao ver que foram embaladas com currículos de pessoas desempregadas que pediam uma oportunidade no comércio. Ela mostrou estar revoltada com a atitude, pedindo para que as pessoas não ajam daquela maneira.

Uma internauta, que também se mostrou comovida com a situação, ressaltou que pessoas gastam dinheiro e tempo para tentar uma chance no ambiente de trabalho, com a empresa agindo de tal forma errônea e usando os papéis. Outra entendeu todo o fato como uma grande falta de respeito e consideração pelas pessoas.

Dono da loja diz que houve 'erro grave'

Ao ser indagado sobre a atitude, o proprietário decidiu falar sobre o ocorrido, dizendo para o UOL que tudo foi um erro grave que uma colaboradora cometeu.

Alexandre Parazzi, dono do local, também afirmou ter tentado contato com o responsável pelo ato, tentando se retratar e também obter o telefone das pessoas que mandaram e currículo para realizar um pedido de desculpas. No entanto, até o momento, não conseguiu falar com ninguém.

O empresário ainda afirmou que estava “abalado” com o acontecimento, dizendo que tudo foi um “erro grave” e “isolado”. Segundo seus relatos, a loja está atuando há mais de 15 anos no mercado, nunca passando por algo igual o que houve.

Os currículos foram usados para embalar os vidros nesta terça-feira de carnaval (25), em uma época que a loja recebe um grande aglomerado de pessoas.

A responsável por tamanho alvoroço atualmente se encontra grávida, trabalhando na loja há cinco anos. Ela foi devidamente orientada sobre o erro, sendo mantida em seu emprego. O dono do estabelecimento ainda ressaltou que a moça pegou os papéis sem o conhecimento de que se tratavam de currículos, usando a pilha de folhas que não eram para estar em tal lugar.

Siga a página Fofocas
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!