O câncer de ovário é responsável por mais de 135 mil óbitos de mulheres por ano e o sétimo câncer feminino mais comum no mundo. Pouco frequente, este é o tumor ginecológico mais difícil de ser diagnosticado e o de menor chance de cura. Ele age de forma silenciosa e, por isso, é muito importante fazer exames regularmente.

Identificar a doença, antes que chegue ao estado avançado, é fundamental para salvar a vida do paciente.

Muitas vezes, os sintomas deste tipo de câncer podem ser confundidos com outros problemas menos graves. Atualmente, o que pode ajudar os médicos a diferenciar o câncer de ovário de outros problemas é a frequência e a combinação destes sintomas. Eles aparecem com mais frequências quando a doença já se espalhou para outros órgãos, porém, ele começa no sistema reprodutor feminino.

Ter o conhecimento sobre estes sinais e sintomas pode fazer com que as mulheres recebam o diagnóstico antecipado e sejam tratadas com mais facilidade, pois a doença, na fase inicial, aumenta a probabilidade de sobrevivência da Mulher.

Entretanto, mais de 60% das mulheres que descobrem o câncer de ovário, infelizmente, já estão em estágio bem avançado, diminuindo a chance de sobreviver.

Raramente a doença causará sintomas em seu estágio inicial, porém, em alguns casos, eles podem aparecer. Por exemplo:

1 - Dificuldade na alimentação ou sensação de plenitude;

2 - Inchaço abdominal com perda de peso (não é o inchaço casual);

3 - Necessidade urgente e frequente de urinar;

4 - Dor durante a relação sexual;

5 - Dores frequentes nas costas;

6 - Alterações menstruais

Se você tiver um ou mais destes sintomas, e isso ocorre quase diariamente por mais de duas ou três semanas, marque uma consulta médica.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Mulher

Um dos principais fatores de risco para o câncer de ovário inclui o histórico familiar da doença: Ter uma mãe, irmã ou filha que teve este câncer irá aumentar o seu risco. E se tiver mais de um parente próximo com câncer, o risco será mais elevado.

É muito importante ficar atenta a qualquer alteração e procurar um médico o quanto antes.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo