De um modo geral, as manchas escuras na superfície dos dentes são comumente associadas ao uso de medicamentos contendo ferro e uso de cariostáticos. Algumas crianças nunca utilizaram sulfato ferroso ou cariostático. Como justificar, então, a ocorrência dessas manchas, tanto nos dentes permanentes quanto nos decíduos?

Elas estão sendo, de forma mais recente, associadas à ação de um tipo de bactéria cromogênica denominada Prevotella melaninogênica. Existem outras, porém essa é a mais comumente encontrada na saliva, agindo com o ferro também presente na saliva e fluido gengival.

A estética

A maior preocupação dos pais ao procurar o odontopediatra é o incômodo com a questão estética.

Muitas vezes parte também da própria criança, que chega ao consultório odontológico relatando vergonha de sorrir, de brincar com os coleguinhas na escola e de participar de outras atividades.

Os pais devem estar atentos porque problemas estéticos podem ser intimamente relacionados com problemas psicológicos, inclusive o bullying. Porém, a importância da criança ser atendida por um profissional competente é a realização do diagnóstico diferencial.

Manchas escuras nos dentes podem ser também associadas a outras patologias, como a cárie ou a fluorose. Apenas o cirurgião-dentista pode indicar o tratamento adequado para cada caso.

Tratamento

O odontopediatra irá, inicialmente, identificar as áreas afetadas, sua intensidade e o histórico odontológico e médico da criança.

O local em que as manchas escuras ocorrem varia bastante, podem estar presentes apenas nos dentes de trás (molares), nos do lado (pré-molares e caninos), nos da frente (incisivos) ou em todos os dentes da arcada em menor ou maior grau.

Sua presença pode ser restrita ao lado de dentro dos dentes ou também acometer o lado de fora.

Caso o paciente não apresente nenhuma patologia, o tratamento se resume à profilaxia profissional com pasta abrasiva ou uso de jato de bicarbonato de sódio.

A frequência desse procedimento varia de criança para criança. Ainda não existe relato na literatura de um tratamento capaz de prevenir seu reaparecimento.

Apenas se sabe que a presença de pigmentação escurecida nos dentes é inversamente proporcional ao acometimento por cárie.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!