O benzoato de sódio, que nada mais é que um conservante alimentar, melhora os sintomas da Esquizofrenia que não respondem ao medicamento clozapina, muito usado no tratamento dos portadores do transtorno mental. [VIDEO] Por ser um antipsicótico eficiente, e indicado para todos os portadores de esquizofrenia, alguns pacientes não têm obtido os efeitos desejados.

A descoberta foi divulgada na revista Biological Psychiatry (Jornal de Psiquiatria e neurociência da sociedade de Psiquiatria Biológica). O artigo foi publicado em dezembro do ano passado, e desde então se tornou uma esperança para aqueles que são portadores da esquizofrenia.

A pesquisa, realizada pela “Universidade Médica da China” em Taiwán, chegou a conclusão inicial de que, se for administrado benzoato de sódio junto com a clozapina os resultados podem ser satisfatórios e aquelas pessoas que não experimentavam os efeitos da clozapina podem passar a experimentar efeitos mais benéficos.

O estudo teve a participação de pacientes com esquizofrenia. [VIDEO] Eles tomaram clozapina e um placebo com benzoato de sódio. O tratamento durou seis semanas. Os resultados foram medidos através da Escala de Síndrome Positiva ou Negativa (PANSS), Escala de Qualidade de Vida e Evolução Global de Funcionamento. Foram medidos também os efeitos paralelos e as funções mentais.

O benzoato de sódio ajuda a melhorar os sintomas da esquizofrenia

Os cientistas constataram que o benzoato de sódio melhora os sintomas da esquizofrenia, tais como a ausência de emoção e motivação, o que afeta de maneira muito intensa a qualidade de vida dos pacientes, além de contribuir para o agravamento dos outros sintomas psicóticos.

Os melhores vídeos do dia

Os pesquisadores disseram também que aplicar doses de benzoato de sódio em combinação com outros antipsicóticos poderiam gerar mudanças nas funções cognitivas, conforme sugerido em estudos prévios realizados.

Neste estudo, os pacientes que receberam doses de benzoato de sódio não apresentaram nenhum tipo de efeito colateral. O que confirma a possibilidade de um tratamento seguro e eficaz.

No entanto, os cientistas alertam que mais estudos ainda precisam ser realizados para encontrar dose adequada, duração do tratamento, e o mais importante, a atuação do benzoato de sódio nos sintomas da esquizofrenia resistentes aos antipsicóticos.

Brasil também descobriu tratamento eficiente para a esquizofrenia

Pesquisadores de Universidade de São Paulo, em parceria com a Universidade de Alberta no Canadá, também fizeram uma descoberta eficiente para o tratamento da esquizofrenia. Eles descobriram que uma substância chamada “nitroprussiato de sódio”, substância química utilizada no tratamento da hipertensão arterial, é muito eficaz na diminuição dos sintomas esquizofrênicos.

Essa substância produz um efeito no Sistema Nervoso dos pacientes. A comunidade científica brasileira está muito animada com os resultados da pesquisa.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, a esquizofrenia atinge 1% da população mundial. Trata-se de uma doença crônica, que ainda não tem cura e que atinge as pessoas no final da adolescência.