Desde a semana passada, os olhos da mídia internacional têm estado atentos sobre a ofensiva na Síria [VIDEO]; esta, sendo uma resposta necessária a ataques [VIDEO] com Armas Químicas na região. Não obstante, tais armas têm um grande poder de intimidação e destruição. Seus efeitos no corpo humano são devastadores, podendo levar até a morte. Entenda agora neste artigo o potencial de destruição que estas armas produzidas na síria podem causar.

Há grandes indícios de que a Síria produz pelo menos quatro categorias de armas químicas, são elas:

  • Sarin;
  • Tabun;
  • VX;
  • e gás mostarda.

Alguns em forma gasosa e outros em forma líquida.

Sarin

O Sarin pode provocar a parada cardiorrespiratória, levando a vítima à morte.

O Sarin é um gás que os EUA acreditam ter sido utilizado por Damasco com cloro no ataque a uma cidade rebelde a atual ditadura Síra, Douma. Os ataques a civis, como sempre, são negados por Bashar Al-Assad.

Embora seja um gás, o Sarin não necessita de inalação para que seus efeitos sejam sentidos, infelizmente apenas o contato com a pele já é o suficiente para que a substância faça efeito, pois ele bloqueia os impulsos nervosos. Apenas meio miligrama podem ter efeitos terríveis, podendo levar a óbito.

Segundo relatos, as vítimas podem ter dores terríveis de cabeça antes da morte, podem entrar em coma. Pupilas dilatadas também são sintomas visíveis. A substância mortífera é, muitas vezes, utilizada em aerosol.

Tabun

O tabun é uma substância extremamente tóxica, conhecida como "agente nervoso".

´É claro, sem cor, e insípido com um leve odor frutado. Quando aplicado causa os seguintes sintomas:

  • Nervosismo e inquietação;
  • Salivação excessiva;
  • Suor;
  • Batimentos cardíacos baixos;
  • Baixa consciência;
  • Convulsões;
  • Paralisia flácida;
  • Descontrole da bexiga e controle intestinal;
  • Parada respiratória;
  • Etc.

VX

O VX também é uma substância do mesmo tipo do Tabun, por ser considerado como da classe de (nerve agent) na tradução livre: agente nervoso, ou "agente de nervos".

Extremamente tóxica, é um composto químico sintético, com baixa volatilidade. Os sintomas da exposição também ocorrem por meio do contato com a pele, o que inclui sudorese local e espasmos musculares na área de exposição, seguidos por náuseas ou vômitos, dilatação da pupila, coriza, e dificuldade para respirar, por conta de causar aperto no peito.

Gás mostarda

Tem ação asfixiante por meio de lesão na pele. Pode causar:

  • Cegueira;
  • Romper vasos sanguíneos (Artérias e veias);
  • Abrir pele e poros;
  • Morte: Se a vítima ficar de 3 a 5 minutos em contato direto com o gás.

Apesar dos sintomas, há ainda a possibilidade de tratamento para as vítimas se tratadas a tempo e com um pouco de sorte.