A dificuldade de engravidar pode estar ligada a inúmeros fatores, seja pelo lado masculino, seja pelo lado feminino. Os obstáculos que cercam podem, ainda, estar sendo um problema vivido por ambos. As características dos sexos podem contribuir para a dificuldade do casal em conceber uma gravidez. Contudo, há soluções práticas que podem ser suficientes para a conquista da fertilização do embrião no útero.

Em primeiro lugar, a solução primordial após algumas tentativas do casal é buscar um ginecologista especializado. Ele saberá guiar a dupla em busca do caminho rumo à gravidez. Indicando, assim, os melhores métodos, expondo soluções e demonstrando o que funciona e o que não funciona.

Tratamentos comuns para a gravidez

Sendo comumente recomendados após um ano de tentativas do casal, eles variam segundo a causa. Cada tratamento é diferente, único e poderá ser ajustado conforme a situação. Variando desde a correção de transtornos que podem estar infligindo negativamente na reprodução e tentativas do casal, até mesmo usufruindo de técnicas para “potencializar” as chances de gestação futura.

Entre as principais estão:

  • Recomendação de vitaminas e/ou ácido fólico;
  • A popular inseminação artificial;
  • Adoção de remédios hormonais;
  • A prática da fertilização in vitro;
  • Maior aprofundamento e conhecimento sobre o período fértil da mulher;
  • Combater o estresse através de técnicas recomendadas;

Quais as causas da dificuldade de gravidez?

Como ressaltado logo na introdução do texto, a causa pode ser tanto pelo lado do homem, quanto pelo lado da mulher ou até mesmo de ambos.

Por esse motivo, ao perceber a dificuldade de engravidar, o casal deverá procurar um médico especialista. A mulher, um profissional de ginecologia, com o intuito de explicitar a situação. Já o homem, um profissional de urologia, com o objetivo de compreender o momento.

Para tanto, a explicitação das causas para cada um pode estar relacionado:

  • À insuficiência da produção de espermatozoides;
  • À idade da mulher acima dos 35 anos;
  • Alterações constantes na produção hormonal masculina;
  • Alterações comuns que acontecem nas trompas;
  • Remédios cujos efeitos colaterais podem prejudicar a produção de espermatozoides;
  • Síndrome de ovários policísticos;
  • Estresse constante que afeta a vida sexual do casal;

Como corrigir o problema?

Ao fim de todo o processo de tentativas, os tratamentos indicados serão (e deverão) ser coordenados por um médico especialista.

A ideia é uma condução sadia e sensata do que se deve utilizar, realizar e seguir para a conquista da tão sonhada gravidez. Portanto, é importante ressaltar: esqueça as fórmulas mágicas de revistas!

Elas poderão vir a ser um empecilho a mais para agravar os problemas em conseguir a tão desejada gestação.

Assim, para corrigir a dificuldade de engravidar, tanto o homem como a mulher devem procurar o médico respectivo para sanar dúvidas, buscar explicações e assim seguir os tratamentos específicos recomendados.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!