Neste último domingo (10), o jornal O Globo publicou uma entrevista com o conhecido ator argentino Ricardo Darín. O veterano artista, de 62 anos, é o protagonista da comédia romântica "Um Amor Inesperado", que estreia no Brasil na próxima quinta-feira (14), depois de ter sido apresentado nos festivais do Rio e San Sebastián.

Darín divide o protagonismo do filme com a atriz Mercedes Morán, que interpreta Ana. O personagem de Darín se chama Marcos.

Publicidade
Publicidade

Eles formam um casal que enfrenta um divórcio, que é sucedido pela partida do filho para outro país.

O filme aborda os temas da síndrome do ninho vazio, ao mesmo tempo em que os protagonistas passam por uma crise existencial. A produção é o primeiro longa do diretor Juan Vera.

Ricardo Darín é um dos mais prolíficos atores do Cinema argentino. Por conta de sua vasta filmografia, o ator é conhecido mundialmente, sendo cobiçado até mesmo pela indústria de cinema de Hollywood.

Publicidade

Darín acusa Hollywood de tê-lo convidado para interpretar papéis em que mostrava uma visão estereotipada de latino-americanos. Perguntado se ele acha que esta visão está mudando, o ator diz acreditar que sim, e que até mesmo os blockbusters americanos estão abordando novas temáticas e outros tipos de personagens.

O ator ressalta o interesse de Hollywood por histórias não americanas. Ele entende que a indústria do cinema norte-americano está claramente interessada nas manifestações artísticas de outras nacionalidades, conforme é visto na tendência de remakes de narrativas não americanas, o que não era visto no passado, alega o ator.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Relacionamento

Mas Ricardo Darín mostra-se contrário a refilmagens. Perguntado se era a favor do remake de um de seus filmes, "O Segredo dos seus Olhos" (2009), que ganhou uma versão americana "Olhos da Justiça" (2015), Darín alega que nunca concordou com refilmagens, apesar de entender as necessidades mercadológicas desse meio.

Em sua opinião, uma refilmagem seria como se ao comprar o quadro de um artista admirável, alguém o levasse para casa e pegasse um pincel para acrescentar novas cores à obra original.

Assédio moral

As atrizes Valeria Bertuccelli e Erica Rivas acusaram o ator de tê-las assediado. Perguntado sobre o ocorrido, Darín diz que ainda não superou seu espanto por esta situação. Ele diz considerar isso uma grande injustiça e termina dizendo esperar que o tempo esclareça toda essa situação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo