''Amizade Dolorida'' (Bounding), que estreou nesta última quarta-feira (24) na Netflix, aborda o BDSM (Bondagem, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo).

Esta prática sexual ganhou notoriedade com a franquia "Cinquenta Tons de Cinza", e agora a Netflix resolveu explorar o tema nesta nova série. A produção é baseada nas experiências reais do diretor, escritor e showrunner da série, Rightor Doyle.

A série de comédia chega ao serviço de streaming laureada com o prêmio de "Melhor Série Episódica" no Festival de Cinema LGBT Outfest.

"Amizade Dolorida" possui sete episódios curtos, que variam entre 12 e 18 minutos.

A trama em 'Amizade Dolorida'

A jovem Tiff (Zoe Levin) leva uma vida dupla, estudante universitária de dia e durante a noite ela trabalha como dominatrix.

Em determinado momento ela decide que precisa de um ajudante e chama seu amigo desde a época da escola, Pete (Brandon Scannell), para ser seu assistente.

Tiff é uma jovem que aparenta ser segura de si e não ter vergonha de seu trabalho como dominatrix.

Steve por sua vez é um jovem tímido e homossexual, que aceita trabalhar como assistente de sua melhor amiga simplesmente porque precisa do dinheiro.

No princípio em ''Amizade Dolorida'', Steve se mostra pouco a vontade com esta nova atividade, mas com o tempo ele vai se soltando e acaba até mesmo usando esta experiência na sua real vocação, a comédia.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Seriados Opinião

Apesar de apresentar uma estrutura com episódios mais curtos que o usual para este tipo de produção, isto não garantiu agilidade à série, esta pode ter sido a intenção dos realizadores. Porém, isto não ocorre devido à forma como a narrativa é conduzida em "Amizade Dolorida''.

Pelas fotos de divulgação da série, pode-se ter a impressão de que a produção irá abordar o tema polêmico de uma maneira mais satírica, sem um compromisso didático.

E é o que a série parece fazer em seus primeiros momentos em que a dupla se envolve em situações cômicas, envolvendo chicotes, cordas e objetos usados nesta prática sexual. Infelizmente a série não rende piadas realmente boas, algumas delas chegam até mesmo a serem previsíveis.

Porém, ao longo do caminho, "Amizade Dolorida" abandona a comédia e começa a ter tons mais dramáticos. Em certo momento, a produção procura investigar o passado da Tiff e dá a entender que ela sofreu algum tipo de abuso.

Enquanto Steve tem que lidar com o medo de se apresentar em público, seu maior desejo é ser um comediante.

Outra subtrama encontrada na série é a que investiga o passado em comum do casal protagonista, se por um lado este arco dramático é mal explorado, pelo menos tem o mérito de fazer uma ligação com o último episódio da série. E mais uma vez, a série flerta com outro gênero, desta vez o suspense.

Comunidade BDSM manifesta opinião sobre 'Amizade Dolorida '

Apesar dos elogios da crítica, a comunidade dominatrix já expressou a sua Opinião relativamente a série da Netflix. “Eu entendo que essa série é baseada superficialmente em uma experiência pessoal, mas ela joga uma sombra ruim e um estigma na dominação profissional. (...)”, escreveu a Mistress Synful Pleasure.

A sigla BDSM é utilizada como uma referência a grupos de pessoas que buscam a interação sexual entre dois ou mais parceiros onde um deles, ou os dois, são submissos dependendo do momento, em diversos graus. BDSM se tornou mais comum após o lançamento da série de livros "50 Tons de Cinza", que conta a história de amor entre Anastasia Steele, uma estudante de literatura, e o multimilionário Christian Grey, que lhe mostra o mundo do sadomasoquismo, com detalhes de bondage, sadismo e masoquismo.

Estudos vêm aprofundando cada vez mais o conhecimento para os adeptos e interessados sobre o assunto.

"Amizade Dolorida" pretende atrair o espectador pela representação deste universo muitas vezes considerado “desconfortável”, trazendo piadas transgressoras.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo