Mais uma série brasileira chegou ao catálogo da Netflix no dia 25 de outubro. 'Irmandade', produção criada por Pedro Morelli, o autor também dirige episódios da série e alterna a direção com: Gustavo Bonafé, Aly Muritiba, entre outros.

Leonardo Levis, Tom Hamburguer, o já citado Aly Muritiba e o próprio Morelli são alguns dos roteiristas da série de oito episódios.

O elenco é encabeçado por Naruna Costa, Seu Jorge é o co-protagonista, também fazem parte da obra: Hermila Guedes, Lee Taylor, Danilo Grangheia, Wesley Guimarães e Pedro Wagner.

A trama

Quando jovem, Edinho envolveu-se com o tráfico de drogas, o jovem foi entregue pelo próprio pai depois que a irmã de Edinho, Cristina, viu um pacote de maconha na casa da família, que ainda tinha o irmão caçula Marcel (na época um bebê), vinte anos se passaram e Edson (Seu Jorge) passou todos esse tempo na cadeia e se tornou um poderoso chefe da facção que dá nome à série.

Cristina (Naruna Costa) agora é uma advogada que trabalha no Ministério Público de São Paulo, e vive uma vida simples e humilde com seu irmão mais novo Marcel (Wesley Guimarães), ambos nunca mais tiveram contato com o irmão mais velho.

O destino da família muda no dia em que Cristina assiste a um julgamento em que Edson é o réu e a jovem é confrontada por Darlene, esposa de Edson, (Hermila Guedes) que cobra que a cunhada use seus contatos no Ministério Público para fazer com que seu marido não volte para o presídio que está, pois ele está sofrendo tortura pelas autoridades.

Neste momento é visto que Cristina sente-se culpada pela prisão do irmão e a personagem então sente-se pressionada a ajudar Edson, para isso, ela acaba falsificando um documento para tentar ajudar seu irmão, o plano não dá certo e Cristina acaba sendo exonerada do Ministério Público.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

A protagonista para não ser presa acaba cedendo à chantagem do policial Andrade (Danilo Grangheia) que faz com que Cristina se infiltre na 'Irmandade' para descobrir o paradeiro de Carniça, co-fundador da organização criminosa, personagem de Pedro Wagner.

Ao contrário de obras como 'O Mecanismo', outra série brasileira da Netflix, e filmes como 'Tropa de Elite 1 e 2, 'Carandiru' e 'Cidade de Deus', a produção de Pedro Morelli em um primeiro momento trata-se mais de contar uma história do que fazer uma crítica social.

Mas nem por isso a obra deixa de abordar o tema da situação precária nos presídios brasileiros, neste sentido a série irá remeter ao triste episódio do massacre em Carandiru, em que a facção da série é claramente inspirada no PCC.

Talvez o maior mérito da série seja ter contado uma boa história ficcional com inspiração na realidade, mas sem envolver a questão política.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo