É normal sentirmos medo quando percebemos alguma ameaça que pode nos causar algum malefício, por isso ele é, na verdade, um grande aliado que permite a sobrevivência. Ele estimula a tomada de decisão mais acertada diante de problemas que exigem rápida ação.

O medo pode nos fazer agir mal ou apenas não agir. A sensação dele é produzida pelo cérebro, quando sofre o estímulo de determinado fator, considerado a princípio, ameaçador.

Devemos entender que esta ameaça pode ser tanto física como psicológica.

O que é ?

De acordo com o dicionário de língua portuguesa, ele é um sentimento de grande inquietação diante da percepção espiritual de perigo eminente real ou imaginário.

A diferença

É normal confundir o medo, a ansiedade, a fobia e o pânico, mas saiba que eles são diferentes:

  • O medo é uma sensação ligada ao perigo;
  • A ansiedade é a resposta emocional do medo;
  • A fobia está ligada ao transtorno de ansiedade;
  • E o pânico está relacionado à alguma síndrome e possui todo um quadro de sintomas físicos;

Os Animais sentem?

Que os animais sentem fome, dor, amor e saudades, isso não é novidade, no entanto, pesquisas feitas para um documentário, afirmam que os animais podem sentir medo também.

O medo dos animais está ligado, principalmente, a predadores, caças e ameaças.

Pode se tornar doença

Apesar de ser um sentimento normal, ele pode se tornar um distúrbio quando passa a ser persistente e excessivo. A doença não é a fobia, pois fobia está ligada a algo irracional e exagerado.

Angústia e a ansiedade

Ambas estão interligadas ao medo, mas são sentimentos diferentes:

  • Angústia caminha juntamente com a ansiedade, pois é a consequência do acúmulo do medo;
  • Ansiedade já é o medo do que pode acontecer no futuro (está ligada à criação de expectativas com a cobrança da realidade).

Por que sentimos?

O medo está associado ao instinto de sobrevivência.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Animais

Se não o sentíssemos, nós não sobreviveríamos por muito tempo. Caminharíamos no meio do trânsito, conviveríamos com pessoas infectadas por doenças contagiosas, estaríamos lado a lado com animais ferozes. Mas, as pessoas aprenderam a temer as coisas no decorrer da evolução humana.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo