De acordo com Jed Diamond, estudioso do mundo dos relacionamentos e psicólogo, em entrevista ao site MenAlive – que inclusive publicou um artigo acerca do estudo realizado pelo pesquisador entrevistado, existem exatamente cinco estágios ou fases do Amor. E para Jed, dados mostram que é no terceiro estágio é onde acontece um maior número de desistência por parte de homens e mulheres. Diamond explica que quase que cem por cento dos adultos já passaram ao menos por quatro dos estágios logo abaixo citados e dificilmente alguém chegará à fase adulta sem provar dos doces sabores de um início de romance e dos amargos sentimentos que aparecem no terceiro estágio de Relacionamento amoroso.

Publicidade

Para Diamond, um casal que consegue desfrutar do início de um relacionamento, ‘pegação’, Namoro ou simplesmente ‘amizade colorida’, que chega ao terceiro estágio e consegue resistir aos momentos de turbulência, são casais que amadureceram e cresceram com o tempo. Confira abaixo, de acordo com o pesquisador, as principais características de cada estágio.:

Estágio 1 – a paixão

O momento em que ambos despertam para o belo sentimento de querer o outro por perto sempre. Também é a fase em que os hormônios relativos ao bem-estar e à felicidade explodem no interior do casal. Nessa fase tudo é uma maravilha.

Estágio 2 – o comprometimento

Não importa que tipo de relacionamento os apaixonados estejam, nessa fase a vontade de querer estar ao lado da pessoa amada é mais importante. Esse é o momento da fixação da alegria e satisfação do casal e os laços afetivos se tornam mais fortes.

Estágio 3 – o choque de realidade e a desilusão

Com um tempo, a ‘fantasia’ e a ‘imaginação’ diminuem e ambos passam a ter um olhar mais realista sobre o outro. Esse é o momento mais crítico e um teste para os dois envolvidos.

Publicidade

Defeitos, ciúmes e pensamentos negativos com relação ao parceiro (a) chegam com facilidade na mente do casal. É nesse momento que muitos casais desistem e se separam.

Fase 4 – o amor verdadeiro

Após a tempestade, vem a calmaria. Nessa etapa, o casal já tem consciência dos defeitos do outro e, se isso não o incomoda o suficiente para desistir, significa que de fato o sentimento de ambos é mais forte que tudo.

Fase 5 – adaptabilidade, transformação e perpetuação

Ao chegar nesse estágio, o casal já adquiriu a consciência necessária para se transformarem juntos, adaptarem-se ao novo juntos e a perpetuarem o sentimento que nutriram desde a primeira etapa.