Anúncio
Anúncio

Não raro é possível ver na internet notícias sobre doenças ou anomalias um tanto quanto estranhas e desconhecidas da maioria da população.

O ser humano sempre foi acometido pelas mais diversas enfermidades. Algumas surgiram devido às más condições em que as civilizações viviam nos primórdios, promovendo a proliferação de bactérias e vírus, dizimando populações inteiras pelo desconhecimento e pela falta de recursos médicos capazes de combatê-las. As doenças e os tratamentos precários eram fatores que contribuíam para a baixa expectativa de vida do homem.

Com a evolução da sociedade e da ciência, as ações dos microorganismos responsáveis pela transmissão das mais diversas doenças foram sendo compreendidas e, consequentemente, métodos foram sendo desenvolvidos a fim de controlá-las.

Advertisement

Doenças comuns como gripes, resfriados e alergias já foram experimentadas por todas as pessoas em algum momento da vida e há diversos recursos à disposição, para tratá-las e para combatê-las. O que chama a atenção nesse mundo globalizado, onde as informações estão disponíveis a um clique, são doenças, síndromes, anomalias raras e, muitas vezes, até bizarras devido aos sintomas que apresentam, que volta e meia são divulgadas na internet.

Quer conhecer algumas? Então continue acompanhando o artigo.

Hipertricose

Conhecida como Síndrome do Lobisomen, a hipertricose é um condição bastante rara, caracterizada pelo crescimento anormal de pelos por todo o corpo, exceto na palma das mãos e nos pés.

Gastrosquise

Gastrosquise é uma má formação, ainda no feto, da parede abdominal anterior, fazendo com que o intestino e o estômago fiquem para fora do corpo.

Advertisement
Os melhores vídeos do dia

Progéria

Quem assistiu ao filme "O curioso caso de Benjamin Button", estrelado por Brad Pitt, vai reconhecer essa condição.

A progéria ou síndrome de Huntchinson-Gilford é uma condição genética rara, que apresenta como sintoma o envelhecimento precoce, logo nos primeiros anos de vida.

Bayezid Hossain é um garoto indiano de 5 anos que apresenta essa condição.

Urticária Aquagênica

Os portadores dessa enfermidade, acredite, têm alergia à água. Nessa condição, as pessoas, em contato com a água, lágrimas ou suor sentem a pela arder, como se fossem atingidas por ácido.

Barbara Ward, de 46 anos, é portadora da doença. O contato com a água para a britânica é sinônimo de erupções cutâneas e taquicardia.

Conhece alguém com alguma condição rara? Comente e compartilhe!