A grande maioria dos adolescentes sofrem com o aumento dos hormônios e consequentemente os cravos e espinhas. Existem milhares de dicas e produtos que prometem de uma vez por todas acabar com cravos e espinhas, mas nem sempre o resultado é dos melhores e as pessoas acabam sofrendo com os efeitos colaterais, como vermelhidão, irritação e até mesmo deformidade da pele.

Especialistas afirmam que espremer suas espinhas pode ser prejudicial para sua pele. Além de inchar, os famosos ‘buraquinhos’ provocados pela pressão para retirar as células mortas que estavam naquele local podem permanecer pelo resto da vida.

Por causa disso, algumas pessoas acabam ficando com o rosto cheio de buracos e deformado.

A melhor coisa a se fazer é procurar um dermatologista, ele irá fazer a análise de sua pele, assim como exames complementares para descobrir como está a saúde de sua pele. A partir de então, ele passará o tratamento indicado.

É comum durante a adolescência aparecer aquelas espinhas gigantes e horrorosas, que sempre provocam irritação, coceira e até mesmo dor. Porém, o que mais irrita é que elas aprecem nos lugares mais indesejáveis, como testa, nariz e bochechas.

Existem pessoas que não podem ver aquela pontinha amarela da espinha e já vão logo espremendo. Além de nojento, isso pode provocar reações diversas em sua pele, como dito anteriormente.

O canal no Youtube chamado Fábrica de Letreiros produziu um vídeo em que mostra uma pessoa retirando das costas um cravo de aparentemente 25 anos.

O vídeo mostra o trabalho árduo dos especialistas para retirarem totalmente a inflamação, usando uma espécie de espátula e pinça. Eles finalmente conseguem retirar o cravo.

Já alertamos que o vídeo pode ser forte para algumas as pessoas, por esse motivo, caso tenho o estomago fraco, não o veja. O vídeo também levanta a hipótese de que deixar uma espinha por vários anos na pele sem espreme-la pode ser uma má ideia. Porém, nesse caso, a pessoa não tomou os devidos cuidados de higiene e não procurou a ajuda de um especialista durante todo esse tempo.

Isso foi o bastante para transformar um pequeno cravo em uma inflamação ainda maior. Por esse motivo, não espere que seus cravos e espinhas simplesmente desapareçam, apesar de ser normal nessa fase, tente sempre manter a pele limpa e em casos mais graves procure a ajuda de um especialista. Eles podem marcar para sempre sua pele, provocando problemas no futuro.

Veja o vídeo: