7 livros que a cantora Pink mais ama

A lista inclui um escritor brasileiro. (Foto: Reprodução)
A lista inclui um escritor brasileiro. (Foto: Reprodução)

A cantora aceitou um desafio feito por um usuário no Twitter, em formato de corrente

Não raro, desafios viralizam nas redes sociais. Aqui no Brasil, o "desafio do balde de água fria" - no qual os usuários do Facebook desafiavam uns aos outros a derramarem um balde de água sobre a cabeça - entrou para a história desse tipo de brincadeira. Também é muito comum as pessoas convidarem umas às outras a criarem listas de coisas que elas gostam ou odeiam.

Até mesmo as celebridades, por mais atarefadas que sejam, também se envolvem nesse tipo de brincadeira que, às vezes, podem não passar de meras futilidades, mas, em outros casos, são interessantes e revelam muito sobre os gostos e o modo de pensar dos envolvidos.

Dessa vez, quem participou de um desafio foi a cantora Pink, que reúne cerca de 32 milhões de seguidores no Twitter. Foi nesta rede social que a pop star foi desafiada pelo usuário Shig Shwah a postar a capa de 7 livros que ela mais ama, durante 7 dias consecutivos (um livro por dia), e, em cada post, desafiar um outro usuário da rede. A isso, ela respondeu: "Gostei do desafio. Eu aceito. Postarei meu primeiro livro em instantes.".

Em seguida, Pink passou a postar os 7 Livros que ela mais ama, incluindo um escritor brasileiro. A lista você confere abaixo.

Os 7 livros mais queridos da cantora Pink:

1

LIVRO 1: Uma Oração para Owen, de John Irving (1989)

O romance conta a história de John Wheelwrighte seu melhor amigo, Owen Meany, crescendo juntos numa pequena cidade do estado de New Hampshire,nos anos 50 e 60. Owen é um garoto digno de atenção. Ele acredita ser um instrumento de Deus e se propõe a realizar o cumprimento do que ele mesmo profetizou sobre si mesmo. A trama traz críticas à religião organizada e à hipocrisia religiosa.

2

LIVRO 2: Pilares da Terra, de Ken Follett (1989)

Este é um romance de ficção histórica cuja história se passa na Inglaterra do Século XII, durante um período conhecido como A Anarquia, em que dois possíveis sucessores vão lutar pelo trono inglês. É neste cenário que Tom, um humilde pedreiro e mestre de obras, persegue o seu sonho de erguer uma imponente catedral gótica, na fictícia cidade de Kingsbridge.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo