Ricardo Lyra, um empresário de 64 anos, percorreu recentemente em uma motocicleta cerca de 18.440 quilômetros, fazendo um trajeto que cobre 11 países. Lyra saiu do sul da Flórida, nos Estados Unidos, e foi até a cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, local onde nasceu. A Viagem inteira totalizou 70 dias e, além de abranger os 11 países, ainda abarcou o total de 4 mil cidades. A respeito de seu trajeto, Ricardo relatou em entrevista ao portal G1 que buscava uma espécie de retiro espiritual e que a jornada demandou muita fé e concentração, mas foi recompensadora e ressaltou ser a maior aventura vivenciada por ele em seus 64 anos de vida.

O planejamento do trajeto teve início no ano de 2011. Lyra inicialmente pretendia buscar uma moto que estava nos Estados Unidos, país no qual viveu por dez anos, no período de 1996 a 2006. Ele relata que ao voltar pra o Brasil, acabou por deixar o veículo na casa de um amigo nos EUA, justamente pensando que um dia poderia voltar para pegá-lo de volta.

O trajeto de Ricardo Lyra da Flórida a Petrópolis

Lyra deixou os Estados Unidos no dia 8 de janeiro de 2019.

Ao longo dos 70 dias de sua viagem, passou pelo México, Guatemala, Nicarágua, Honduras, Costa Rica, Panamá, Colômbia, Equador e Peru até, finalmente, chegar ao Brasil no dia 19 de março.

As paradas de Ricardo eram feitas a cada vez que ele completava 400 km de trecho. Então, ele procurava um hotel no qual dormiria e, posteriormente, retomava o seu trajeto. Ao todo, Ricardo Lyra estima que tenha ficado hospedado em 60 hotéis ao longo do trajeto.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Viagem

A viagem, porém, foi atrasada devido a um problema que ocorreu quando Lyra ainda se encontrava no México: um oleoduto explodiu, ainda em janeiro, vitimando centenas de pessoas e causando uma crise de abastecimento em alguns locais do país. Devido a isso, Ricardo acabou por passar 10 dias hospedado no México.

Em sua viagem, o empresário aproveitou ainda para conhecer diversos locais turísticos que os países pelos quais passou abrangiam.

O homem considera que essa experiência foi bastante enriquecedora. Além de pontos turísticos, Ricardo Lyra destaca a beleza das paisagens que teve a oportunidade de conhecer e cita, entre elas, a montanha La Quebrada, situada em Acapulco, e o santuário de Lajas, que fica na divisa da Colômbia com o Equador, e se destacou entre os demais, de acordo com Ricardo Lyra, por sua imponência e exuberância.

Ao todo, Lyra tirou cerca de 14 mil fotografias da viagem.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo