5 fatos sobre a intimidade do padre Fábio de Melo

Além do sacerdócio, o padre Fábio de Melo realiza inúmeras outras atividades. (Reprodução/Instagram/@pefabiodemelo)
Além do sacerdócio, o padre Fábio de Melo realiza inúmeras outras atividades. (Reprodução/Instagram/@pefabiodemelo)

A trajetória do sacerdote que se destacou por suas inúmeras facetas além da vida religiosa.

Publicidade
1

A Infância

O padre Fábio de Melo começou a trabalhar ainda na infância. De família humilde, sua mãe chegava a comprar arroz triturado - mais barato por ser utilizado para alimentar criações - para que ele e os irmãos tivessem o que comer. Na adolescência, trabalhou como vendedor de doces, entregador de pães, além de ajudar na colheita de café para contribuir com a renda da família.

Ver essa foto no Instagram

Obrigado, Goiânia! É sempre um prazer voltar. Foto: @kleber_alepereira

Uma publicação compartilhada por pefabiodemelo (@pefabiodemelo) em

Publicidade
Publicidade
2

A desistência de uma paixão

Quando se preparava para se tornar padre, aos 22 anos, o religioso teria se apaixonado por uma mulher de 25 anos. A biografia "Humano Demais", descreveu a relação como "algo diferente, humano e íntimo", o que teria feito com que Fábio pensasse em abandonar o sacerdócio e até mesmo se tornar pai. O religioso retomou a vontade de se tornar padre quando a mulher, que hoje seria casada, afirmou que esta seria sua vocação, e se mudou para outra cidade.

Publicidade
Publicidade
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo
Publicidade
Publicidade