5 discos marcantes da carreira dos Titãs

Sérgio Britto, Branco Mello e Tony Bellotto são os únicos membros do Titãs em atividade pela banda. (Reprodução/YouTube)
Sérgio Britto, Branco Mello e Tony Bellotto são os únicos membros do Titãs em atividade pela banda. (Reprodução/YouTube)

Uma das bandas mais importantes do rock nacional, os Titãs têm discos marcantes em sua carreira musical

Não perca as atualizações mais recentes
Clique nos tópicos de interesse e comece a segui-los. Nós vamos sempre te manter atualizado com as principais notícias.
clique para ver o vídeo
Novelas marcadas por canções de Zélia Duncan
1

'Cabeça Dinossauro' (1986)

"Cabeça Dinossauro" é considerado por muitos o melhor álbum dos Titãs, além de ser um dos mais importantes do rock nacional, e também o primeiro trabalho da banda a ser produzido por Liminha, que mostrou toda sua agressividade sonora que se transformou em sucessos cruciais como "Polícia", "AA UU", "Homem Primata", "Família", "O Quê", "Igreja", "Bichos Escrotos" e a faixa-título. (Divulgação/Warner Music)

2

'Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas' (1987)

Em "Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas", os Titãs se firmavam como uma das melhores e mais respeitadas bandas do rock nacional. Repetindo o mesmo sucesso de "Cabeça Dinossauro", o álbum traz uma revolução musical com hits marcantes, destaque para "Comida", "Diversão", "Lugar Nenhum", "Desordem", "Nome aos Bois", "Mentiras" e a faixa-título que foram muito elogiados pela crítica. (Divulgação/Warner Music)

Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!