A pessoa está em casa em frente ao computador trabalhando em home office para si mesma ou para a empresa na qual trabalha. Essa pessoa, cansada, começa a procrastinar quando levanta e decide fazer um café para acordar. Depois, ela decide comer um bolo em vez de fazer aquela ligação de trabalho. E então, volta a sentar em frente ao computador e decide olhar sites de vendas. Quando menos percebe, passaram-se horas e ela não teve um dia produtivo. Abaixo encontra-se o que é e como ocorre a procrastinação no home office.

O que é procrastinação?

Procrastinar é o ato ou comportamento de sempre está adiando as tarefas que precisam ser realizadas com certa regularidade.

A procrastinação é entendida como um desacerto na capacidade de autorregulação. Isso gera prejuízos, já que, a tendência é atrasar tarefas ou adiá-las mesmo de forma consciente das consequências. Por isso, deve-se evitar o hábito de procrastinar no home office

Consequências da procrastinação no home office

Esse comportamento, no home office, gera cansaço mental, diminui a saúde mental, diminui a performance durante o trabalho em casa e, como consequência, gera perdas e dificuldades financeiras já que a pessoa não cumpre com suas responsabilidades como deveria. Isso tudo por simplesmente procrastinar tarefas e, principalmente, procrastinar no serviço, já que, quem trabalha em casa, seja freelancers ou funcionários, tendem a gerar prejuízos financeiros.

O freelancer acaba não entregando seus trabalhos no prazo, e o funcionário corre o risco de ser chamado atenção.

Não disfarce a procrastinação

É possível disfarçar esse hábito quando alguém faz uma simples tarefa básica em vez de estar realmente fazendo aquilo que deveria fazer. Assim, cria-se a sensação de está fazendo alguma coisa, e isso sabota os serviços e diminui o rendimento aos poucos.

Dicas para não procrastinar

É normal, às vezes, deixar levar-se pela procrastinação quando se está trabalhando no conforto de casa, mas é fundamental ter comportamento que dará o sentimento de estar mantendo o equilíbrio e o controle e assim ser produtivo.

1. Dia certo para faxinar

Está em casa não significa está em férias.

Deve-se acostumar a mente com esse fato e manter um dia para faxinar.

2. Ser previsível quanto à rotina

Tentar antecipar eventuais acontecimentos pode ajudar a diminuir a ansiedade quando isso ocorre. Por exemplo: tal dia alguém da família irá às compras e precisa de outra pessoa para ajudá-la. nesse caso, deve-se combinar com alguém para ir ajudar nas compras.

3. Manter o compromisso

Está em home office é estar atrelado a um compromisso, seja com a empresa na qual trabalha, seja com clientes. Compromissos devem ser honrados. Dessa forma, além de gerar rendimento, aumentará a credibilidade com quem designou o serviço.

4. Adaptar o corpo ao home office

O hábito de acordar cedo deve ser mantido, tomar café logo em seguida e pôr uma roupa adequada para trabalhar.

Não é preciso ficar de terno e gravata em casa, mas também não se deve ficar de pijama ao trabalhar.

5. Sensatez

Deve-se concluir que a procrastinação tem pontos negativos e que pode piorar a rotina a cada dia. Mas também, cumprir com as tarefas trará benefícios e aumentará a confiança de empregadores e clientes.

6. Organizar as atividades

Freelancers ou funcionários de empresa têm muitos projetos para entregar. Nesse caso é necessário dividir as tarefas por ordem de urgência. Dividir projetos grandes em pequenas etapas ajuda a evitar a procrastinação. Se o projeto for visto em seu tamanho real, é certo que haverá o hábito de procrastinar no home office.

Siga a página Curiosidades
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!