Atualmente, em plena era digital, sabe-se que as pessoas querem ter muitas coisas ao mesmo tempo, como praticidade, velocidade, precisão, atenção e afins. Para atender a todos esses desafios, contamos com as redes sociais. E, para os brasileiros, isso é ainda maior.

Afinal, o Brasil é um dos países com a maior taxa de utilização de internet do mundo, principalmente entre os jovens. Segundo dados da Global Web Index, aponta-se que, na América do Sul, o tempo médio de uso de redes sociais por dia é de 212 minutos. Este é o tom!

Além disso, você sabia que a compra nas redes sociais é mais frequente entre os brasileiros?

Aqui, 43% dos consumidores usam esses canais para fazer compras e, no mundo, a proporção média é de 30%. O gasto médio mensal dos brasileiros nas redes sociais é de R$ 466. A pesquisa dos dados foi divulgada pela mCommerce Brasil 2019, conduzida pelo PayPal em cooperação com a Ipsos, revelando que esses dados são consistentes com outras informações sobre o uso de redes sociais no Brasil.

Investir pouco em redes sociais é possível

O pequeno empreendedor sempre entra em parafuso: afinal, não há dinheiro suficiente para investir em publicidade convencional, então o que fazer? Aqui vai uma boa notícia: hoje depende muito mais da própria pessoa!

Obviamente, não compararemos a cobertura e a taxa de conversão de uma boa campanha em sites, revistas, outdoors e outras mídias influentes.

No entanto, trabalhando sozinho já é possível começar a aumentar as vendas na Internet imediatamente.

A era digital chegou para dar o toque que faltava no microempreendedorismo: a divulgação e o reforço da marca através das redes sociais. Há algumas dicas que podem ser utilizadas na estratégia para vender mais nas redes.

Criar conteúdo relevante nas redes sociais

O primeiro dos pontos principais é também o mais básico e talvez o mais desafiador: criar conteúdo original relevante nas redes.

Essa é a ordem mais repetida e perseguida de empreendedores digitais que buscam vender mais produtos nas redes sociais. Por isso, é necessário colocar o desejo de satisfazer as necessidades do público antes do desejo de vender.

Criar conexão com o público

A rede social é um ambiente de conversação. Portanto, falar sozinho é inútil. Responder às perguntas dos usuários, formular ações para atrair mais visitantes para a página, compartilhar histórias positivas de clientes com sua marca e trazer o público para dentro da marca é fundamental.

Investir na boa imagem e na qualidade acima de tudo

Tudo gira em torno de imagens no Instagram, por exemplo. Por isso, use este espaço não apenas para apresentar seus produtos e serviços, mas também para explorar estilos de vida relacionados ao negócio. O outro tópico a ser discutido é o processo de fabricação, criação e produção do produto - o formato da stories é muito adequado para este tópico. Além disso, a variedade constante de criação é primordial.

Entretanto, não se faz necessário ficar preso apenas ao Instagram, pois há inúmeras mídias que podem, facilmente, serem utilizadas para encontrar o público desejado.

Siga a página Negócios
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!