O Ministério da Educação divulga nesta segunda-feira (25) o resultado do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), programa do governo federal que oferece contratos de financiamento para estudantes já formados no ensino médio pagarem mensalidade em cursos de graduação em diversas universidades privadas do país.

A convocação do programa de financiamento estudantil em 2019 conta com uma novidade: desta vez será feita por ordem de inscrição, e não mais classificatória como ocorreu nos anos anteriores.

De acordo com o MEC, os candidatos também podem pleitear o financiamento de até 50% da mensalidade desde que o limite financiável não ultrapasse o valor de R$ 42.983,70 por semestre.

O resultado é divulgado na página do programa na internet e também nas instituições de ensino superior que participam do convênio. Este ano serão ofertadas 100 mil vagas na modalidade Juro Zero e 450 mil na modalidade P-Fies, totalizando o número significativo de 550 mil vagas.

Ambas modalidades têm apenas uma chamada.

Jovens e adultos selecionados na modalidade Juro Zero precisam inserir seus dados no site do FIES até o dia 7 de março. Nesta modalidade, quem não foi previamente selecionado tem o nome incluso na lista de espera e precisa consultar o processo da pré-seleção na internet durante os dias 27 de fevereiro e 10 de abril.

Enquanto isso, os convocados na modalidade P-Fies devem acompanhar o processo diretamente com os agentes financeiros operadores de crédito e instituições de ensino superior disponíveis. Não há fila de espera nesta modalidade.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Educação Escola

Juro Zero e P-Fies: entenda a diferença nas modalidades

No último ano o MEC definiu duas modalidades distintas para seu programa de financiamento estudantil - Juro Zero e P-Fies.

Na modalidade Juro Zero as vagas são destinadas a estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos por mês e é possível financiar todo o curso superior com 0% de juros. Já na modalidade P-Fies as vagas são oferecidas aos estudantes cuja situação financeira somatiza de três a cinco salários mínimos per-capita.

Neste caso os juros das mensalidade variam de acordo com os bancos.

O pré-requisito de ambas as situações é atingir a nota mínima de 450 pontos na prova do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio). Além disso, é proibido zerar a nota de redação do exame.

Vale lembrar que não podem participar do programa os candidatos que já tenham outro tipo de financiamento vigente e também aqueles que estejam com a situação financeira inadimplente junto ao Fies ou ao Programa de Crédito Educativo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo