O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é uma ação do Ministério da Educação que existe desde 2001, pela Lei nᵒ 10.260. É por meio desse programa que os alunos conseguem ingressar em cursos pagos financiando as mensalidades.

Além do Fies, existe também o P-Fies, que surgiu para ajudar a identificar as três modalidades dentro do Fies.

Modalidades do Fies

O Fies é dividido em três modalidades:

  • Juros zero para estudantes com renda per capita de até três salários mínimos mensais.
  • Estudantes com renda per capita de até cinco salários mínimos mensais, das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste.
  • Estudantes com renda per capita mensal de até cinco salários mínimos de qualquer região do país.

Para facilitar na hora de fazer a inscrição, foi desenvolvido o P-Fies, que abrange as modalidades II e III do novo Fies.

Outra diferença entre as duas opções de financiamento é que no P-Fies existe apenas chamada única dos candidatos, já no Fies há chamada única, mas também lista de espera.

Quem pode se inscrever

Todo candidato que participou do ENEM, a partir de 2010, pode se inscrever no Fies ou P-Fies. Além da renda per capita, as regras são notas iguais ou superiores a 450 pontos e não ter zerado na redação do ENEM.

A inscrição é realizada no site oficial do MEC, seguindo os passos: “Minha Inscrição” e depois “Primeiro Acesso”.

Após informar CPF, data de nascimento e e-mail válido, o próprio site enviará um link de confirmação por e-mail. Após ativar o link, o candidato deve retornar à área do Fies no site, selecionar “Já sou cadastrado” e utilizar seu e-mail e senha (definida anteriormente).

Informações pessoais do candidato e seus familiares serão requeridas pelo site para que a inscrição possa ser concluída. É fundamental que o candidato esteja com todos os dados em mãos e preste atenção a todos os campos obrigatórios que devem ser preenchidos.

O próprio site utiliza de cores para indicar se as informações são válidas ou não. Mensagens de alerta na cor amarela indicam que o candidato pode prosseguir, já na cor vermelha indicam informações incorretas.

Os candidatos que já foram beneficiados pelo financiamento estudantil também podem se inscrever no Fies ou P-Fies 2019. Basta estar em dia com o Fies e o CREDUC (Crédito Educativo). Para quem já utiliza da bolsa parcial do Prouni, também é permitida a inscrição no Fies.

O candidato só não pode usufruir dos dois programas em diferentes instituições.

Datas do Fies e P-Fies 2019

As inscrições para o Fies e P-Fies 2019 começaram nesta quinta-feira, 7, e terminam às 23h59 do dia 14. O resultado da pré-seleção será divulgado no dia 25 de fevereiro. Lembrando que para o P-Fies a chamada é única, já para o Fies é chamada única com lista de espera.

Para os candidatos que ficarem na lista de espera, a pré-seleção vai de 27 de fevereiro a 10 de abril. Todas as informações devem ser acompanhadas no site do MEC.

Siga a página Educação
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!