Nesta sexta-feira (17), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente ao ano de 2019. Estudantes de todo o Brasil irão concorrer a milhares de vagas em faculdades públicas e privadas.

Passo a passo para consultar a nota

  1. Antes de tudo, o candidato do Enem precisa ter em mãos o CPF e a senha para ter acesso ao sistema. Caso não recorde a senha, basta acessar a página do participante, digitar o CPF e clicar na opção “esqueci minha senha” ao fim da tela e seguir as instruções.
  2. Com a senha em mãos, insira os dados solicitados (CPF e senha). Uma nova página será carregada com todas as notas por prova, inclusive a redação.
  3. Para ter acesso detalhado à prova escrita, clique em “Vista Pedagógica”, ao fim da tela. Na página, é possível visualizar a nota obtida nas cinco competências exigidas.

Caso o participante tenha realizado o Enem em outros anos, essas notas também podem ser consultadas.

Como é calculada a nota do Enem?

Apesar do novo modelo de provas do Enem, o sistema de cálculo de notas não sofreu alterações. A pontuação é mensurada pelo sistema de avaliação Teoria de Resposta ao Item (TRI), que além do número de questões acertadas, avalia o grau de dificuldade de todas questões e a consistência das respostas.

Como utilizar a nota do Enem?

Desde quando foi criado em 1998, o Enem passou por várias modificações. Inicialmente, ele só era utilizado para avaliar a qualidade da Educação no ensino médio, mas nos últimos anos ganhou funções adicionais e hoje é o principal mecanismo de ingresso nas faculdades públicas e privadas do país.

Conheça abaixo cinco possibilidades para utilizar a nota do Enem:

#1 - Sistema de Seleção Unificada (Sisu) - com as nota do Enem é possível concorrer às vagas em universidades públicas federais e estaduais . As inscrições para o 1º semestre do SISU são de 21 a 24/01; para o 2º semestre ainda não há datas definidas.

#2 - Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) - programa que garante o financiamento de cursos em instituições privadas.

O principal critério de seleção é a nota mínima de 450 pontos e não ter tirado zero na redação.

#3 - Programa Universidade para Todos (Prouni) - funciona de forma semelhante ao SISU, contudo a seleção é apenas para instituições privadas, com oferta de bolsas de 50% e 100%. As inscrições também são abertas duas vez ao ano. Fique atento ao calendário!

#4 - Pontuação complementar algumas instituições, como a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), utilizam o vestibular tradicional como a principal forma de ingresso e permitem que a nota do Enem seja utilizada como complemento à pontuação.

#5 -Faculdades privadas sem vestibular - estudantes com um bom desempenho no Enem podem utilizar a nota para ingressar em faculdades privadas, sem o uso do vestibular.

Não perca a nossa página no Facebook!