A ansiedade é usada por nosso corpo para reconhecer condições de risco iminentes. Esse mecanismo era essencial para a sobrevivência de nossos ancestrais. Servia como a antecipação a algo que poderia arriscar a vida.

Atualmente, não temos que enfrentar tantos perigos como no passado, mas a ansiedade ainda assombra em certas situações, como inimigos e outros exames de admissão.

Quanto mais a prova se aproxima, mais os medos e anseios aumentam, podendo desencadear fortes crises de ansiedade em alguns, dado o momento de pressão do momento.

Contudo, é necessário, antes de tudo, acalmar-se. É possível superar a ansiedade antes do teste.

Menos ansioso na prova do Enem

A forma como os grandes eventos são tratados sempre desencadeiam expectativas. Fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não é diferente. Um teste que reúne cerca de 10 milhões de alunos com objetivos semelhantes acaba gerando muita ansiedade e estresse entre os participantes.

Reconhecer a ansiedade e trabalhá-la

Antes de tudo, é preciso reconhecer os gatilhos da ansiedade e assim saber o que causa o efeito desencadeador desse momento de antecipação aos riscos. A partir disto, basta trabalhá-lo para evitá-lo.

Faça seu caminho pessoal

Ao se deparar com uma situação que já conhecem, as pessoas se sentem mais seguras. Para evitar acidentes, visitar o local do teste antes do dia do vestibular, principalmente quando nunca se ouviu falar do endereço.

Confiar no próprio potencial

Não vale de nada estudar na véspera do exame. Só acabará por enviar um sinal ao corpo de que ele não está bem preparado, o que intensifica a ansiedade. Portanto, é importante ficar tranquilo com o desempenho ao longo do ano. É hora de relaxar.

Dicas pontuais para evitar nervosismo

  • Deve-se concentrar no que faz de melhor;
  • Um bom sono;
  • Dieta para se sentir bem no dia do exame;
  • Tentar usar o tempo restante para preparar sua cabeça e corpo;
  • Revisar junto aos amigos;
  • Meditar na busca por foco, disciplina e determinação;

Mesmo quando se busca relaxamento, é necessário revisar o conteúdo, praticar, expressar amor e ter em mente que os alunos farão o melhor durante o exame.

É melhor ter uma expectativa honesta para evitar a frustração. Não adianta deixar que os outros o desapontem, dizendo que você deveria fazer mais.

Conter a ansiedade não é algo simples. Não é apenas alguém dizer para acalmar que tudo simplesmente fluirá adequadamente.

Em caso de um grande nervosismo e ansiedade antes da prova, sempre é válido, por exemplo, visitar um psicólogo para desabafar, conversar com um amigo ou até mesmo dialogar com os pais.

Dessa forma, o peso nos ombros diminui e um apoio para esse momento de tanto estresse para tantos é suportado.

Siga a página Educação
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!