A esposa do atleta Michael Schumacher, Corinna Schumacher, resolveu fazer contato com os fãs de seu marido e deixou uma mensagem a todos. Segundo ela, a família toda está "fazendo o possível para ajudá-lo" e aproveitou para pedir privacidade e que as pessoas possam entender esse momento. O esportista sofreu um grave acidente em dezembro de 2013, quando estava esquiando em uma pista que fica no sul da França.

De acordo com a mensagem de Corinna, todas as ações da família são em prol dos desejos dele. A saúde é vista como algo muito delicado e que requer privacidade. Contudo, Corinna aproveitou para agradecer todos aqueles que dão forças à família e que torcem pela recuperação de Schumacher, sem perder as esperanças. A mensagem foi repassada pelo jornal alemão Bild. Corinna também desejou um feliz 2019 para todos os fãs e seguidores do atleta.

No dia 3 de janeiro, Schumacher completará 50 anos de idade. A esposa afirma estar feliz com essa data e crente de que dias melhores virão para alegrar a todos.

Informações do jornal britânico

O jornal britânico Daily Mail publicou recentemente que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 não estava mais em coma e não respirava mais com a ajuda de aparelhos. Conforme a publicação, ele ainda necessita dos atendimentos médicos diários, para os quais são gastos, em média, o equivalente a R$ 245 mil por semana.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

No entanto, a família não confirmou essas informações do tabloide britânico.

Schumacher mora em uma mansão na Suíça, onde tem uma espécie de hospital que cuida dele 24 horas por dia. Desde o acidente que ele sofreu, já se passaram cinco anos.

Além da mensagem dada pela esposa, foi divulgado nas redes sociais um aplicativo que funcionará como uma espécie de museu do ex-piloto.

Chefe de equipe da Ferrari

A intimidade e todas as lutas nessa batalha difícil que envolve a vida do ex-piloto são mantidas com poucas informações.

Há um grande respeito e segredos diante do que acontece com ele e como está a sua recuperação. No entanto, tem uma pessoa que conhece muitos detalhes da vida de Schumacher: Jean Todt, chefe de equipe da Ferrari entre os anos de 1994 e 2007.

Ele mantém um relacionamento muito próximo com o atleta e sua família. Conforme uma entrevista dada ao jornal Bild, Todt disse que não pode falar muito sobre o seu amigo mas tem um contato frequente com ele, praticamente, sabe de tudo sobre ele.

Todt enalteceu a amizade com a esposa de Schumacher e com os seus filhos, incluindo Mick, que está seguindo a mesma carreira que o pai.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo