No ano passado, após escapar do rebaixamento para a Série B somente na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense iniciou a atual temporada debaixo de muita desconfiança por parte da crônica esportiva e de seu próprio torcedor, mas, com três vitórias em quatro jogos e vaga praticamente assegurada para as semifinais da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca, fez, até o momento, calar alguns críticos. Segundo os especialistas, essa fase positiva da equipe das Laranjeiras é alicerçada pelo estilo de jogo adotado por parte do técnico Fernando Diniz, especialmente a troca de passes e a eficiência nos lances de bolas aéreas.

Publicidade
Publicidade

"O Flu de Diniz é forte na bola parada e entende o momento de acelerar e fazer um jogo mais direto. Pressiona logo após a perda da bola e na retomada, se o mais interessante for definir rapidamente a jogada é o que o time vai fazer", escreveu André Rocha em seu blog no portal UOL Esporte, citando o atacante Luciano, que ataca por dentro, abre o corredor para as ultrapassagens de Bruno Silva e se desloca para a ponta, municiando o colombiano Yony Gonzalez.

Publicidade

Em entrevista concedida depois da goleada de 4 a 0 sobre o Madureira na noite de quarta, no Maracanã, Fernando Diniz elogiou bastante o comprometimento dos atletas, mas voltou a pedir manutenção do foco.

"Não temos motivo para empolgação. Tem que manter os pés no chão. É início do campeonato", disse o comandante.

Um dos destaques do time, Luciano adotou a mesma linha de discurso de Fernando Diniz. Com dois gols no Estadual, o atacante garante que todos estão conscientes da necessidade de manter o trabalho firme.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

"Temos um campeonato ainda todo pela frente. Estamos focados, com os pés no chão. Vamos continuar trabalhando para fazer mais gols e ajudar nossa equipe", resumiu.

Flu pode ter equipe mista no clássico diante do Vasco

No sábado, às 19h (de Brasília), o Fluminense terá, no Mané Garrincha, em Brasília, o seu primeiro grande teste no ano de 2019. Pela última rodada da fase de classificação da Taça Guanabara, enfrenta o arquirrival Vasco. Pelo fato de estar praticamente garantido nas semifinais da competição, uma vez que ocupa o segundo lugar do Grupo B com dez pontos e um saldo bastante superior ao terceiro colocado, o Volta Redonda (10 contra -1), o Tricolor deve poupar alguns de seus titulares.

"Pode acontecer as duas coisas (jogar com titulares ou com time misto). Vamos conversar internamente com os departamentos que estão envolvidos. Depois, vamos tomar as melhores decisões", declarou Fernando Diniz.

Após o clássico, o Fluminense segue direto para Teresina. Na terça, às 21h30 (de Brasília), no Albertão, enfrenta o River-PI pela abertura da Copa do Brasil.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo