Mais um reforço chegando às Laranjeiras. Após Matheus Ferraz, Ezequiel, Bruno Silva, Matheus Gonçalves, Yony Gonzalez e Carlos Henrique, o Fluminense está muito perto de trazer o zagueiro Nino, de 21 anos, zagueiro que vem se destacando no Criciúma e é observado por Fernando Diniz desde a última temporada, quando o atual comandante tricolor dirigia o Athlético-PR. Caso tudo ocorra dentro do esperado, o defensor vem por empréstimo de um ano com prioridade de compra em definitivo por parte do clube carioca.

Publicidade

O negócio ainda não foi totalmente finalizado porque o Criciúma, ainda esperando as regularizações de Federico Platero, do Liverpool-URU, e Derlan, emprestado pelo próprio Flu, pediu que Nino ficasse por lá até o final de janeiro. O defensor esteve em campo no último domingo contra o Tubarão e, na quarta, está garantido diante do Brusque.

A vinda de Nino ocorre quase simultaneamente à provável saída de Roger Ibañez para a Atalanta, da Itália. Vale ressaltar, porém, que não são negociações relacionadas.

As conversas com o Criciúma começaram anteriormente. O Fluminense não planeja desfazer-se de mais jogadores na janela de transferências que se encerra na próxima quinta.

Quarteto brilha e colabora para bom início na temporada

Com a vitória de 3 a 1 sobre a Portuguesa-RJ no domingo, o Fluminense chegou aos sete pontos, manteve a invencibilidade na temporada e, na vice-liderança do Grupo B (sete pontos), deu um grande passo para estar nas semifinais da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca.

Publicidade

Esse bom início tricolor tem grande parcela por conta da participação do atacante colombiano Yony Gonzalez, autor de três gols da agremiação das Laranjeiras. Além dele, os seus companheiros de setor ofensivo, Everaldo e Luciano, e o meia Daniel também têm seus papéis de destaque nesse momento positivo da equipe das Laranjeiras.

Dois oito gols marcados pelo Flu no Estadual do Rio até o momento, o quarteto participou de sete, representando 87%. Para o técnico Fernando Diniz, isso é fruto de muita dedicação e a sequência de partidas na temporada.

"Conforme você vai jogando e adquirindo entrosamento, é natural que o repertório ofensivo aumente. Estamos procurando dar carga nos treinos", explicou o comandante.

Everaldo, Luciano, Daniel e Gonzalez tem duas oportunidades de aumentar essa marca. Na quarta, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, o Flu enfrenta o Madureira. No sábado, a partir das 19h (de Brasília), o desafio será no Mané Garrincha, em Brasília, contra o arquirrival Vasco.