De acordo com informações passadas por investigadores britânicos, na manhã desta segunda-feira (4) foi encontrado um corpo nos destroços do avião em que viajava o jogador de Futebol Emiliano Salas. Parte da aeronave, onde viajavam apenas o piloto e o atacante argentino, já tinha sido encontrada no domingo (3), no Canal da Mancha, entre a França e o Reino Unido.

Imagens dos destroços foram capitadas por um veículo submarino controlado remotamente.

Em meio ao que sobrou do avião, foi localizado um dos corpos dos ocupantes. “Tragicamente, em imagens de vídeo do ROV, um ocupante é visível em meio aos destroços”, disse o comunicado emitido pelos investigadores.

David Mearns, responsável pela missão que encontrou os destroços do avião, revelou ter ficado surpreso ao encontrar o avião quase inteiro no fundo do mar. “Esperávamos encontrar apenas destroços.

Está bastante danificada, mas está quase completa”, disse.

O monomotor, modelo Piper Malibuem, que o jogador viajava havia decolado de Nantes, na França, no último dia 21 de janeiro, com destino ao País de Gales, onde o atleta iria assinar contrato com o Cardiff. No meio do caminho, o aparelho não fez mais contato, e então buscas passaram a ser realizadas no Canal da Mancha, mas se encerraram após três dias.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol

Com a ajuda de doações, a família decidiu por conta própria continuar com as buscas.

Na quarta-feira (30), dois assentos que aparentavam ser do avião em que Sala viajava foram encontrados na costa norte da França. Após a descoberta, o departamento britânico de investigação de acidentes aéreos informou que realizaria buscas submarinas utilizando um sonar de rastreamento lateral.

Homenagens

O Cardiff voltou a campo no último sábado (2) para seu primeiro compromisso em casa pela premier league após o desaparecimento do avião de Emiliano Sala.

Antes da bola rolar, foram reservadas diversas homenagens ao argentino. Os jogadores do time entraram no gramado carregando flores e a torcida fez um imenso mosaico nas arquibancadas com seu nome com as cores da bandeira da argentina, além de ter sido respeitado um minuto de silêncio.

O tributo foi completado dentro de campo, com o time vencendo o Bournemouth por 2 a 0, ambos os gols anotados por Bobby Reid, que, ao abrir o placar, exibiu uma imagem daquele que viria a ser seu companheiro de time.

“Eu nunca vi ou ouvi nada parecido. Vou lembrar para o resto da minha vida”, falou Neil Warnock, técnico do Cardiff, ao exaltar os torcedores.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo