A fase do São Bento no Campeonato Paulista não é nada boa. O time apostou na contratação de grandes medalhões, como o centroavante Alecsandro, porém dentro de campo os resultados não ajudam, o time está na zona de rebaixamento e para completar, seu goleiro foi o protagonista do lance mais bizarro na quarta rodada, o que o fez ir às lagrimas após o gol sofrido.

Eram corridos 27 minutos do primeiro tempo do jogo diante o São Caetano, disputado na última quinta-feira (31), no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

Publicidade

O time da casa tinha a bola dominada em seu campo de defesa com o zagueiro Luizão, que sem ter com quem jogar, decidiu recuar a bola para o goleiro Henal, que não conseguiu dominar e a bola escapou.

Ele ainda deu um carrinho na tentativa de salvar o lance, mas a pelota já havia ultrapassado a linha fatal de sua meta. Inconformado, o jogador levou as mãos ao rosto e não conseguiu conter as lagrimas por conta do lance totalmente bizarro que acabara de protagonizar.

Ídolo da torcida do São Bento, o jogador que ascende com o time desde a Série A3 do Paulista, Henal fazia sua primeira partida como titular na temporada, colocando o experiente Renan, ex-Internacional, no banco de reservas.

Na saída para o intervalo, falando a uma emissora de TV, o jogador apenas admitiu a falha e tentou se desculpar com os torcedores. “Errei, não vou esconder. Quero pedir perdão ao torcedor, falhei no gol”, disse o jogador.

Para a sorte de Henal e do São Bento, na etapa complementar o time conseguiu reagir e empatou a partida com um gol de cabeça, marcado por Diego Ivo. O empate em 1 a 1 foi ruim para os dois “azulões”, que seguem sem vencer no Paulistão.

O São Bento volta a jogar neste domingo (3), quando irá até o estádio do Pacaembu, jogar contra o São Paulo. Já o time do ABC entrará em campo apenas na terça-feira (5), quando jogará em Ribeirão Preto, contra o Botafogo.

Publicidade

Acostumado ao fogo amigo

Não é a primeira vez que São Bento é vítima de fogo amigo no Campeonato Paulista. Em 2017, jogando no estádio Novelli Júnior, em Itu, outro recuo acabou se transformando em um gol contra. E que golaço. O zagueiro João Paulo tinha a bola dominada no meio de campo quando decidiu fazer o recuo, no entanto ele colocou força demais na bola, que subiu e encobriu o goleiro Rodrigo Viana, que estava adiantado e ainda tentou salvar dando uma bicicleta, mas a bola ultrapassou a linha.

O gol foi determinante para o resultado em 1 a 0 a favor do Ituano.