Nesta sexta-feira (22), durante o Conselho Técnico da Série A do Campeonato Brasileiro, os clubes aprovaram por unanimidade a proposta feita pela CBF para que neste ano todos os 380 jogos da competição tenham árbitro de vídeo. O sistema é conhecido popularmente pela sigla VAR, que em inglês significa Vídeo Assistant Referee.

Na proposta enviada pela CBF foi informado que a própria entidade irá arcar com os custos de infraestrutura e tecnologia para tornar o projeto possível.

Publicidade
Publicidade

Porém, as despesas pessoais dos profissionais que serão designados para operar a ferramenta ficarão sob responsabilidade dos clubes.

O árbitro de vídeo entrou de vez no Futebol na Copa do Mundo, realizada no ano passado, na Rússia. Mas em 2017 o sistema já havia sido utilizado aqui no Brasil. Desde então 21 jogos foram realizados com a tecnologia VAR no país. Na Copa do Brasil a nova tecnologia esteve presente em 13 jogos. No campeonato Carioca a VAR foi utilizada em 3 jogos, já no Campeonato Pernambucano foi utilizada em dois jogos, no Gaúcho e no Catarinense foi utilizado apenas em uma partida.

os 20 clubes aprovaram o uso do árbitro de vídeo (Divulgação/Fifa)
os 20 clubes aprovaram o uso do árbitro de vídeo (Divulgação/Fifa)

Proposta para usar o VAR no Campeonato Brasileiro foi vetada

Houve uma votação para que o VAR fosse implementado no Campeonato Brasileiro 2018, naquela época o custo total ficaria por conta das 20 equipes, porém foi vetado pelos clubes com um placar de 12 a 9.

Este ano a CBF decidiu modificar a proposta e optou por custear a infraestrutura e tecnologia. Com a modificação a proposta foi votada e aceita por unanimidade pelos 20 clubes.

Limitação de troca de técnicos é vetada

Na manhã dessa sexta-feira os clubes realizaram uma votação e decidiram impedir que uma proposta feita pela CBF entrasse em vigor.

Publicidade

A CBF sugeriu que cada clube só poderia trocar de técnico uma vez durante o Brasileirão. A proposta foi vetada pelos clubes.

Ainda durante a votação foi aprovado pelas equipes um limite de 40 atletas inscritos na competição. Entretanto, a aprovação aconteceu com duas ressalvas: ao longo do torneio é possível fazer até cinco substituições nas inscrições e também ficou liberado a utilização de jogadores sub-20.

CBF anuncia novo torneio, a Supercopa do Brasil

Uma outra grande novidade é a Supercopa do Brasil, esse novo torneio tem a missão de opor o campeão da Copa do Brasil e o campeão do Campeonato Brasileiro do ano anterior logo no início da próxima temporada.

O jogo único irá acontecer em um local previamente definido. A nova competição foi divulgada pela CBF na última quinta-feira (21).

Leia tudo e assista ao vídeo