Após reunião realizada junto com os dirigentes dos oito times classificados, foram definidas na manhã desta quinta-feira (21) as datas, horários e locais, das quartas de final do Campeonato Paulista. Santos e Palmeiras mandarão seus jogos no Pacaembu, enquanto que o São Paulo retorna ao Morumbi após dois jogos sem poder usar seu estádio devido a um alagamento.

A bola começa a rolar no sábado (23), às 17h, no estádio Jorge Ismael Di Biasi, onde o Grêmio Novorizontino joga contra o Palmeiras. Será a terceira vez consecutiva que os dois times irão se enfrentar nesta fase do Paulistão.

Publicidade

Tanto em 2017, quando em 2018, o Verdão venceu todos os jogos.

Também no sábado, o Santos jogará no Pacaembu, às 19h30, contra o Red Bull Brasil, que surpreendeu a todos ao ficar com a melhor campanha geral na primeira fase. Outros dois jogos acontecem no domingo (24), com o São Paulo jogando às 16h contra o Ituano, no estádio do Morumbi, e o Corinthians encarando a Ferroviária, às 19h, na Arena da Fonte, em Araraquara.

Os jogos de volta começam já na terça-feira (26), quando o Palmeiras faz o duelo de volta contra o Grêmio Novorizontino, às 21h, no Pacaembu.

Um pouco mais cedo, às 20h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o Red Bull recebe o Santos.

As quartas de final serão completadas na quarta-feira (27), quando o São Paulo joga pega o Ituano, no estádio Novelli Júnior, às 19h15, e o Corinthians jogará às 21h30, em sua arena, contra a Ferroviária.

Ponte tem a sexta melhor campanha, mas fica fora

O regulamento do Campeonato Paulista permite que algumas situações curiosas aconteçam, como um time que ficou entre os oito melhores na classificação geral fique fora da quarta de final e outro que teve pontuação inferior entre, como foi o caso do São Paulo.

Publicidade

A Macaca, depois de um início muito ruim, mudou de treinador e conseguiu uma sequencia de bons resultados, mas para seu azar, caiu em um grupo onde tinha o Santos e o Red Bull, que surpreendeu ficando com a melhor campanha. Tivesse vencido o Palmeiras na rodada final, o time de Campinas teria a quarta melhor campanha e mesmo assim não se classificaria para a segunda fase.

A Ponte somou 19 pontos, quanto a mais que o São Paulo, que ficou em nono na classificação geral, mas como estava no grupo onde os times perderam muitos pontos, acabou ficando apenas atrás do Ituano –que na classificação geral foi o oitavo– e avançando na competição.