Na noite desta terça-feira (26), o jornalista Rafael Henzel morreu vítima de um infarto. O jornalista foi um dos quatro brasileiros que conseguiu sobreviver ao acidente aéreo com o time e a delegação da Chapecoense, em 2016. O comunicador estava jogando Futebol e começou a passar mal no campo. Ele foi levado às pressas para o Hospital Regional do Oeste, ainda com vida. No entanto, infelizmente, Henzel não resistiu e veio a falecer.

O jornalista tinha 45 anos e trabalhava na rádio Oeste Capital. Depois de um ano da tragédia aérea com a Chapecoense, o profissional voltou aos trabalhos após se recuperar de ferimentos e dos próprios traumas, já que havia perdido companheiros de trabalho e amigos.

A notícia de sua morte foi dada pelo jornalista Marcinho San a todos os ouvintes da rádio Oeste Capital. Conforme os dizeres de Marcinho, Rafael Henzel estava jogando bola com seus amigos e de repente foi alvo de um infarto fulminante.

Embora os amigos tivessem corrido para socorrê-lo, seu organismo não aguentou.

No ano de 2017, Henzel escreveu o livro "Viva Como se Estivesse de Partida". Na obra, ele citou a importância de dar valor à vida e sobre o incidente com a delegação da Chapecoense. Ele deixa esposa e filho.

Acidente aéreo

No dia 28 de novembro de 2016, Rafael embarcou no Voo Lamia 2933 com destino à Colômbia. O jornalista estava acompanhando o time da Chapecoense que disputaria a primeira partida da Final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Futebol

A aeronave acabou caindo e matando 71 pessoas, das 77 que estavam a bordo. Morreram atletas, equipe técnica e diretoria do clube, além de jornalistas e convidados. O único jornalista sobrevivente foi Rafael. No entanto, ele teve sete costelas quebradas, pneumonia e lesão no pé direito.

Rafael Henzel comemorou por estar vivo, embora estivesse triste por perder amigos e companheiros de trabalho. Na época, ele havia dito que ao se recuperar iria voltar a narrar jogos, inclusive o da estreia da Chapecoense na Libertadores de 2017. Juntamente com Galvão Bueno, narrador da TV Globo, Rafael narrou a partida do clube em 25 de janeiro de 2017.

Relatos

Na noite do domingo do dia 11 de dezembro, Henzel contou em uma entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, como foram os momentos após a queda da aeronave. Segundo ele, as luzes do avião apagaram e em seguida, veio a batida com o morro. Depois foi o momento da queda, a explosão e a tomada de consciência.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo