Mesmo jogando um Futebol bem abaixo da crítica, o Corinthians se classificou para a final do Campeonato Paulista, ao vencer o Santos nos pênaltis, na noite desta segunda-feira (8), no estádio do Pacaembu. No tempo normal, o time santista venceu por 1 a 0.

Após a partida, o presidente corintiano Andrés Sanchez afirmou que a equipe não merecia passar para a grande final e explicou que a Arena Corinthians, após a decisão do estadual, que ocorrerá no dia 21 de abril, será fechada por conta da preservação e alguns ajustes antes de receber os jogos da Copa América.

Publicidade
Publicidade

Adversário vem em uma crescente

Para os críticos, jornalistas e até o presidente do Corinthians, o time alvinegro precisa melhorar muito para conquistar o 30º título do Campeonato Paulista, o terceiro de forma consecutiva. A boa fase do São Paulo é motivo de preocupação por parte da cúpula corintiana, por isso, é necessário basear nos jogos considerados ruins, como ocorreu nesta segunda partida contra o Santos e contra o Ceará, em sua própria Arena.

Presidente do Corinthians não gostou da atuação do time. (Arquivo Blasting News)
Presidente do Corinthians não gostou da atuação do time. (Arquivo Blasting News)

O Corinthians nestas duas últimas partidas jogou bem abaixo do que os torcedores estavam acostumados.

Diante da partida considerada bem abaixo do “padrão-Carille”, são necessários alguns ajustes para enfrentar o São Paulo e tirar o máximo de cada jogador.

Defesa melhorou, mas os meias sofrem

Não é de hoje que os meias do Corinthians estão sofrendo para criar as jogadas e traduzirem as chances em oportunidades de gol. Gustagol nestas últimas partidas nem se ouve falar direito.

Publicidade

Sornoza, uma das principais contratações para esta temporada, ainda não rendeu o esperado, sobrevivendo de assistências de bola parada e não sendo decisivo como ocorreu quando jogava pelo Independiente Del Valle.

Em contrapartida, a defesa corintiana melhorou um bocado, porém, necessita de alguns ajustes defensivos para que não sofra em contra-ataques do São Paulo. Mesmo com essa evolução no sistema defensivo, o Corinthians conseguiu sofrer muito mais nas partidas do que deveria e por isso necessário que Carille mude alguns aspectos e certas convicções que podem atrapalhar a 30ª conquista do clube alvinegro.

Vale destacar ainda que o time avançou tanto para a semifinal do Paulista como para a segunda fase da Copa Sul-Americana graças às defesas do goleiro Cássio nas decisões por pênaltis, contra Ferroviária e Racing, respectivamente.

Hora e locais da decisão

O primeiro jogo da grande final ocorrerá no próximo domingo (14), às 16h, no Morumbi. A segunda partida será realizada na Arena Corinthians, no dia 21, no mesmo horário, para ver quem será o campeão do Campeonato Paulista 2019.

Publicidade

A última vez que os times se encontraram em uma final foi em 2003.

Leia tudo e assista ao vídeo